Clique e assine por apenas 8,90/mês

VW T-Cross PcD volta a ser vendido, mas tem seis meses de espera

A Volkswagen havia interrompido a venda da versão Sense do veículo na última semana devido a forte demanda de pedidos pelo SUV

Por Renan Bandeira - Atualizado em 27 fev 2020, 16h20 - Publicado em 27 fev 2020, 15h13
Divulgação/Volkswagen

O Volkswagen T-Cross Sense, versão voltada para clientes PcD, voltou a ser vendido cerca de uma semana depois de suas vendas terem sido interrompidas.

Em comunicado para concessionários – que QUATRO RODAS teve acesso exclusivo –, a empresa afirmou que a decisão havia sido tomada “devido à elevada demanda pela versão.”

No entanto, a suspensão não durou muito tempo. Na última quarta-feira (26), a marca alemã tratou de emitir uma nova nota às concessionárias liberando um novo lote de pedidos do T-Cross Sense.

De acordo com o comunicado, os pedidos realizados até o último dia 18 de fevereiro serão entregues até julho. Os demais terá prazo de entrega de até 180 dias (também conhecidos como seis meses).

Continua após a publicidade
Divulgação/Volkswagen

Ainda não se sabe quantos veículos estarão disponíveis para novos pedidos, o prazo para realizar esses pedidos e nem mesmo se haverá alteração dos itens de série do modelo.

Atualmente, o preço sugerido para a versão é de R$ 69.990, mas com a isenção de IPI e ICMS sai por R$ 57.630.

O SUV tem como opcionais de série: seis airbags, rodas de liga leve aro 16, luzes diurnas em led, faróis de neblina, sensores de estacionamento traseiros, volante multifuncional com ajuste de altura e profundidade, central multimídia de 6,5 polegadas com projeção de celulares, controles de estabilidade e tração, vidros elétricos com função “um-toque”, ar-condicionado manual, freios a disco nas quatro rodas, rack de teto e os bancos são revestidos de tecido.

O T-Cross Sense pode ser adquirido em três cores: branca, preta ou prata.

Publicidade