Volkswagen terá SUV abaixo do T-Cross no Brasil

Mulas da Variant são usadas para o desenvolvimento de novos SUVs compacto e médio

Golf Variant serve de mula para os novos SUVs da Volks

Golf Variant serve de mula para os novos SUVs da Volks (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Fazer um flagrante – ou receber dos leitores – é sempre motivo de euforia para quem persegue os segredos das fábricas obsessivamente como nós.

Quando o fotógrafo Christian Castanho trouxe esses flagras, foi diferente. Não sabíamos que, ao investigar do que se tratava, descobriríamos que aquela perua Golf Variant poderia ser a mula de dois carros ainda inéditos. Ou seja: um flagrante, dois segredos.

“Olhe bem para o carro: se notar que a carroceria foi encurtada, é o CUV, se a carroceria estiver alongada, é o Tarek”, disse nossa fonte.

Mula tem chassi encurtado

Mula tem chassi encurtado (Christian Castanho/Quatro Rodas)

CUV é como os projetistas chamam o novo SUV compacto que a VW prepara. O C vem justamente de Compact. Esse modelo terá estrutura compartilhada com o Polo e será menor que o T-Cross, que estreou no Salão do Automóvel. O Tarek, por sua vez, ocupará o espaço entre o T-Cross e o Tiguan Allspace.

Se esses dois SUVs estão rodando incorporados a mulas, isso significa que seus lançamentos ainda demoram. Nessa fase de projeto, pode se estimar que eles ainda levarão mais de um ano para ficar prontos. Portanto, poderiam chegar ao mercado somente em 2020.

Mulas são carros que emprestam sua carroceria a outros que ainda não existem. Elas são feitas para que os engenheiros possam avaliar os diferentes sistemas do modelo projetado antes de ele estar completamente pronto. Quando um projeto está em fase de mula, ele ainda tem um longo caminho a percorrer.

Por dentro, câmbio manual de seis marchas que não é oferecido no Brasil e peças adaptadas

Por dentro, câmbio manual de seis marchas que não é oferecido no Brasil e peças adaptadas (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Depois dessa fase, vem a dos protótipos, estes, sim, carros inteiros que são submetidos a todos os tipos de avaliações, incluindo as validações dos testes feitos em simulações virtuais, antes de entrar em produção.

De volta à mula com carroceria de Golf Variant, pelas indicações de nossa fonte, trata-se do CUV, uma vez que olhando o carro por baixo notamos que o escapamento está instalado distante da extremidade traseira da carroceria. Ou seja: o futuro carro é menor que a Variant.

Outra mudança observada é a altura da suspensão, que foi elevada. Mas essa característica também serviria como suspeita para indicar se tratar de uma mula do Tarek – e também da picape, mas essa possibilidade foi descartada pela fonte. Segundo ela, a picape não está rodando no Brasil, mas na Alemanha.

Mula tem suspensão elevada

Mula tem suspensão elevada (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Todos esses projetos teriam em comum a plataforma MQB em suas variações. Por isso, é possível prever que, além do chassi, eles vão compartilhar outros sistemas como os motores e câmbios que já equipam Polo e Virtus, bem como os dispositivos de conforto e segurança.

20 lançamentos até 2020

Essa data de lançamento prevista para os dois SUVs em questão se encaixa perfeitamente com os planos já anunciados pela VW de fazer 20 lançamentos até 2020.

Volkswagen Tharu/Tarek já foi lançado na China

Volkswagen Tharu/Tarek já foi lançado na China (Divulgação/Volkswagen)

Desde o Polo, em setembro de 2017, até o novo Jetta, em setembro de 2018, foram 11 apresentações. Depois do Polo veio Virtus, Amarok V6, Tiguan Allspace, Golf, Golf Variant, Polo MSI automático, Virtus MSI automático, Gol automático e Voyage automático, até chegar o Jetta. O T-Cross será o 12º. Faltarão oito.

Conceito Tarok antecipa picape maior que a Saveiro

Conceito Tarok antecipa picape maior que a Saveiro (Renato Pizzutto/Quatro Rodas)

Além do CUV (que ainda não tem nome, mas fontes revelam que poderá ser T-Track) e o Tarek (também chamado de Tharu, em alguns mercados) reduzem a conta para seis. Chegará ainda o Atlas, outro SUV mas de porte acima do Tiguan.

Há também a picape intermediária maior que a Saveiro e menor que a Amarok. Essa novidade foi antecipada no Salão do Automóvel na forma do conceito Tarok. Nossa fonte dá isso como certo. Quanto aos outros cinco que restam para somar 20, sabe-se que haverá dois elétricos ou híbridos. Apostamos no elétrico e-Golf e no híbrido Golf GTE.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s