Clique e assine por apenas 6,90/mês

Toyota Yaris gringo ganha o motor três-cilindros mais potente do mundo

Versão do hatch desenvolvida pela divisão de performance da marca foi apresentada na Europa com propulsor 1.6 capaz de gerar até 271 cv de potência

Por Daniel Telles - Atualizado em 16 jan 2020, 08h00 - Publicado em 16 jan 2020, 07h00
Toyota GR Yaris foi desenvolvido visando o Campeonato Mundial de Ralí Divulgação/Toyota

Foi revelada esta semana a versão esportiva do Toyota Yaris europeu.

O hatch japonês preparado pela Gazoo Racing, divisão de performance da Toyota, recebeu traços mais agressivos, com novo para-choque dianteiro, apenas duas portas, rodas de 18 polegadas, teto com caimento mais acupezado, entre outros itens esportivos.

Entretanto, a grande novidade está alocada sob o capô. O GR Yaris, nome oficial do novo modelo, recebeu o motor três-cilindros mais potente do mundo já utilizado em um carro homologado para trafegar nas ruas.

Motor é o três cilindros mais potente do mundo: na versão japonesa são 271 cv Divulgação/Toyota

O propulsor é um 1.6 litro, turbo, capaz de gerar 260 cv de potência no modelo europeu, e torque de 36,7 kgfm. A versão japonesa será ainda mais apimentada: por lá o motor conseguirá gerar 271 cv.

Continua após a publicidade

Segundo dados informados pela própria Toyota, o GR Yaris atinge os 100 km/h em pouco menos de 5,5 segundos. A velocidade máxima é de 230 km/h.

O ótimo desempenho se deve, em grande parte, ao pouco peso do carro, apenas 1.280 kg.

Teto diminuiu 91 mm e hatch ganhou mais cara de cupê Divulgação/Toyota

Completam o trem de força o câmbio manual de seis marchas e o sistema de tração integral AWD, com dois diferenciais de tração do tipo Torsen.

A suspensão também conta com uma configuração inédita. Na dianteira, sistema McPherson; na traseira, braços duplos triangulares. A disposição combina as plataformas GA-B e GA-C da Toyota.

Continua após a publicidade
Câmbio é manual de 6 velocidades; emblema da GR e pedaleiras de alumínio dão tom esportivo ao interior do carro Divulgação/Toyota

O motorista poderá escolher entre três modos de condução: Normal, Sport e Track.

Na opção Normal, o torque é distribuído na proporção 60/40 para os eixos dianteiro e traseiro, respectivamente. O modo Sport divide o torque em 30/70. Já o Track repassa igualmente o torque para os dois eixos.

A produção do modelo será concentrada na fábrica de Motomachi, no Japão, que dispõe de uma linha de montagem exclusiva para os carros da Gazoo Racing.

Publicidade