Toyota Hilux híbrida será fabricada na Argentina

Presidente da marca na Argentina revela que, até 2021, objetivo é produzir localmente a picape ecológica

Picape passou por mudanças recentes no Brasil

Picape passou por mudanças recentes no Brasil (Divulgação/Toyota)

As fabricantes tentam guardar seus planos a sete chaves. Porém, Daniel Herrero, presidente da Toyota na Argentina, tratou de revelar um passo muito importante para a marca na América do Sul. E envolve a recém-reestilizada Hilux.

“Nossa meta é construir a Hilux híbrida na Argentina em dois anos”, declarou o executivo ao jornal argentino Clarín. É possível que a versão amiga do meio ambiente apareça somente com a nova geração, em 2021.

A reestilização no mês agosto faz Hilux abrir vantagem no segmento de picapes médias

A reestilização no mês agosto faz Hilux abrir vantagem no segmento de picapes médias (Divulgação/Toyota)

Herrero ainda sinaliza qual é o maior desafio para que esse movimento aconteça. “Parte importante desse processo é adaptar a fábrica”, explica. “Estamos analisando com a matriz se vamos ampliar nossa unidade ou construir uma nova. Essa decisão será tomada no ano que vem”, completa.

Vale lembrar que Hilux é produzida em Zárate, nos arredores da capital Buenos Aires. A unidade fabril está em plena capacidade e é capaz de entregar 140 mil veículos por ano – a cada 90 segundos uma picape sai da linha de montagem.

Algumas versões vendidas no Brasil, no entanto, não ganhar as mudanças no design

Algumas versões vendidas no Brasil, no entanto, não ganhar as mudanças no design (Divulgação/Toyota)

“Exportamos para 21 países da América Latina e Caribe. Cerca de 75% da produção local vai para exportação “, enumera Herrero.

Segundo o executivo, a variante híbrida será oferecida de forma paralela à convencional e não descarta a oferta de outras motorizações – como as diesel e flex, por exemplo.

O CEO da marca no país vizinho só não deu pistas quanto ao conjunto mecânico, mas não deve ser aquele que a Toyota prepara para a nova geração do Corolla e também para o Prius. A combinação entre motor 1.8 a gasolina e o motor elétrico rende 150 cv, pouso para uma picape deste porte.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s