Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Sucesso do novo Polo faz Volkswagen voltar atrás em layoff de fábrica

Vendas significativas do Polo levaram montadora a trocar suspensão de contratos de trabalho por férias coletivas de 10 dias em Taubaté (SP)

Por Lukas Kenji
24 jul 2023, 11h51

A Volkswagen voltou atrás na decisão de suspender o contrato de trabalho de 800 trabalhadores da fábrica de Taubaté (SP). Em vez disso, a montadora vai adotar férias coletivas de 10 dias para dois turnos da unidade. A pausa começa na próxima segunda-feira (31).

De acordo com comunicado enviado pela Volks no último domingo, o cancelamento do layoff se deu “em razão do bom desempenho do modelo Polo”. O hatch foi o veículo mais vendido do País nos últimos dois meses. Só em novembro, ele teve 9.949 unidades emplacadas. O Polo Track, versão mais barata do modelo, tem produção baseada na planta do interior paulista.

Fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP)
Fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP) (Divulgação/Volkswagen)

O Sindmetau (Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região) comemorou a medida ao afirmar que as férias vão inibir demissões. No entanto, o presidente da entidade, Claudio Batista, ponderou que “enquanto os juros continuarem altos, todo o setor ainda estará sujeito a paradas temporárias”.

Continua após a publicidade
Polo Track
(Fernando Pires/Quatro Rodas)

A suspensão do contrato de trabalho de um terço dos funcionários de Taubaté havia sido anunciada pela Volkswagen na última terça-feira (18). Ela seria adotada a partir de 1º de agosto e afetaria um turno da produção.

“A fábrica de São José dos Pinhais (PR) segue com um turno em layoff desde 5 de junho. As unidades Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), e São Carlos (SP – motores) estão operando normalmente”, detalhou a Volkswagen em nota.

O layoff em Taubaté foi anunciado uma semana após o término do subsídio do governo federal ao setor automotivo, que deu créditos de até R$ 8.000 apenas para a venda de automóveis. Deste montante, R$ 100 milhões foram solicitados pela Volkswagen, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.