Segredo: Ford terá dois SUVs médios nacionais para brigar com o Compass

SUV e SUV cupê compartilharão linha de montagem com o EcoSport e poderão substituir o Territory, mas só entre 2022 e 2023

 (Divulgação/Ford)

A palavra de ordem dentro da Ford hoje é cortar custos.

Em encontro recente com funcionários, o presidente da Ford América do Sul, Lyle Waters, disse que a operação da empresa precisa ser mais competitiva e condicionou a isso o lançamento de um novo ciclo de investimentos para a fábrica da marca em Camaçari (BA).

Se tudo der certo, este novo ciclo será anunciado em meados de 2020. Mas os primeiros carros a serem viabilizados por eles já estão em gestação.

Além da nova geração do EcoSport, prevista para chegar às lojas no final de 2021, a Ford ainda trabalha no desenvolvimento de dois SUVs médios, ambos previstos para chegar entre 2022 e 23.

Ford chegou a usar mula com carroceria do Kuga em testes no Brasil

Ford chegou a usar mula com carroceria do Kuga em testes no Brasil (Luiz Rocha/Autos Segredos)

Os dois têm desenvolvimento local e serão fabricados em Camaçari. A previsão é de que cheguem ao mercado em até três anos. O principal alvo é o Jeep Compass, que até lá já terá visual atualizado e novo motor 1.3 turbo.

São dois projetos independentes, mas tecnicamente muito próximos entre si. O BX784 terá carroceria de SUV tradicional, enquando o BX785 terá teto com caimento de cupê.

Embora o código de projeto comece com B, estão longe de ser compactos. Isso se dá para evitar ao máximo adaptações nas mesmas linhas que hoje produzem Ka e EcoSport.

Desta forma, os novos carros (inclusive a próxima geração do EcoSport) deverão utilizar os mesmos pontos de apoio usados durante a fabricação dos atuais Eco e Ka.

Intenção da Ford é concorrer com SUVs médios, como Compass, Tucson e Sportage

Intenção da Ford é concorrer com SUVs médios, como Compass, Tucson e Sportage (Luiz Rocha/Autos Segredos)

A plataforma, porém, é completamente diferente e dará a eles todos os atributos esperados de SUVs médios. Espere bom espaço para pernas e ombros no banco traseiro, além de porta-malas amplo.

Mas em vez de compartilhar toda a dianteira, como fazem os Mercedes GLC e GLC Coupé, o visual dos dois novos carros pode ter mudanças para torná-los mais independentes, a exemplo dos BMW X3 e X4.

O SUV BX784 pode, inclusive, herdar o nome Territory. Desta forma, o SUV que será importado da China a partir de 2020 terá vivido por aqui apenas um mandato tampão.

E a fábrica da Ford na Argentina ficará encarregada da nova geração da Ranger e de possíveis projetos criados em parceria com a Volkswagen.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s