Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Red Bull terá hipercarro para as ruas com 1.250 cv e por R$ 30 milhões

Serão feitas apenas 50 unidades, com produção limitada a 15 por ano; primeiros exemplares serão entregues em 2025

Por Bruno dos Santos 30 jun 2022, 08h03

Além de ser a atual líder da Fórmula 1, a Red Bull também tem planos para liderar nas ruas. Isso porque a empresa trabalha, já em estágio avançado, em um hipercarro inédito para brigar com os também superlativos Aston Martin Valkyrie e Mercedes-AMG One. As primeiras unidades serão entregues em 2025.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 9,90

De acordo com a Red Bull, o RB17, como é batizado o modelo até então, será limitado a apenas 50 unidades – com produção máxima de 15 unidades por ano. Ou seja, todos os modelos chegarão às garagens de seus proprietários até o ano de 2028. Praticamente todas as unidades já foram vendidas, pela pedida de 5 milhões de libras (cerca de R$ 31 milhões).

Carro de rua da Red Bull se inspirará na Formula 1, onde a empresa é líder
Carro de rua da Red Bull se inspirará na Formula 1, onde a empresa é líder Francois Nel/Getty Images

O RB17 terá um teto fechado com carroceria e o estrutura em carbono, e espaço para duas pessoas. Quanto às especificações, a Red Bull ainda não deu muitos detalhes, apenas se sabe que terá um motor V8 biturbo híbrido de 1.250 cv com sistema de recuperação de energia (ERS), como nos carros da F1. Da potência total, o sistema elétrico deverá contribuir com 150 cv.

Continua após a publicidade

Idealizador do projeto, Adrian Newey apontou que o modelo terá suspensão ativa, saias flexíveis e pesará cerca de 900 kg, já contando com o peso do motorista. Ele também aponta que o RB17 será construído com foco em pistas, mas que tudo leva a crer que o modelo também obterá aval para rodar nas ruas – por isso, a empresa tenta evitar um acerto de suspensão muito rígido.

Aston Martin Valkyrie é uma das criações de Adrian Newey, que também desenvolve o RB17
Aston Martin Valkyrie é uma das criações de Adrian Newey, que também desenvolve o RB17 Bryn Lennon/Getty Images

Em entrevista ao site AutoCar, o diretor técnico da Red Bull Advanced Technologies (RBAT), Rob Gray, o hiperesportivo será predominantemente produzido pela própria Red Bull. Apenas itens como vidros e engrenagens virão de outros fornecedores.

Compartilhe essa matéria via:

O chefe da equipe da Red Bull, Christian Horner, disse que esse novo hipercarro pode ser capaz de quebrar recordes de volta na Fórmula 1, com o criador do carro confirmando a informação.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês