Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Radar: dona da Volvo terá nova marca para vender picape elétrica inédita

O conglomerado chinês Geely Group, anunciou a criação da sua nova marca, Radar, focada em picapes e utilitários elétricos

Por João Vitor Ferreira 4 jul 2022, 18h46

Dona da Volvo, Lotus, Polestar e diversas outras marcas que atuam, principalmente, no mercado chinês, a Geely está próxima de criar mais uma. A Radar, será focada especificamente em utilitários elétricos.

Como boas-vindas, o conglomerado chinês já deu um gostinho de como será o primeiro modelo da marca, que estreará ainda no mês de julho. Trata-se de uma picape média elétrica que, provavelmente, ficará restrita à China e deverá concorrer com o modelo de visual fora do comum divulgado pela Sany.

Picape elétrica Radar
Geely/Divulgação

Infelizmente, o Geely Group fotos da picape elétrica ainda com camuflagem. O modelo nem sequer teve seu nome divulgado, mas é possível notar que trata-se de uma picape cabine dupla com entre-eixos longo e, se comparada com a rival da Sany, mostra um visual bem mais convencional.

Picape elétrica Radar lateral
Geely/Divulgação

Na frente, destaque para uma pequena grade e faróis com assinaturas em LED em forma de “L”. Na traseira, a barra interligando as lanternas chama tanta atenção quanto o nome Geely estampado na peça, sugerindo que “Radar” fosse o nome da picape. Porém, em sua conta oficial do Twitter, o Geely Group descreve a Radar como sua mais nova marca.

Continua após a publicidade

Picape elétrica Radar traseira
Na parte inferior da tampa da caçamba é possível ver o nome “Geely”. Provavelmente, esse detalhe não esteja na versão de produção, já que o grupo chinês anunciou que a picape pertencerá à sua marca recém-criada, Radar Geely/Divulgação

Também teremos que esperar para descobrir o conjunto mecânico da picape Radar. Tudo indica que ela usará a plataforma SEA-C, a versão para utilitários da arquitetura SEA que também será usada pela Volvo em modelos futuros, como o XC20. Informações vindas do site malaio, paultan.org, indicam que a plataforma poderá sustentar veículos de 3,5 a 5,5 toneladas totais.

Picape elétrica Radar frontal
Geely/Divulgação

Com essa informação é possível afirmar que a picape poderá ter versões de um a três motores, com a possibilidade de agregar um gerador que atuará como extensor de alcance. De acordo com a Geely, a nova picape poderá rodar mais de 700 km com apenas uma única carga, segundo o ciclo NEDC e terá atualizações over the air.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês