Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Volvo terá novo SUV compacto elétrico abaixo do XC40

Volvo XC20 será totalmente elétrico e usará plataforma chinesa para alavancar vendas da marca nos próximos anos

Por Thiago Silva, Igor Macario Atualizado em 5 out 2020, 21h50 - Publicado em 5 out 2020, 13h48
XC20 terá menores dimensões graças a plataforma chinesa Auto Express/Reprodução

A Volvo vem avançando no desenvolvimento de seu próximo SUV elétrico. O modelo ficará abaixo do XC40, podendo se chamar XC20, e usará a plataforma SEA, criada pela Geely, chinesa controladora da Volvo.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 8.90

O provável XC20 ganha contornos mais definidos com o lançamento da plataforma modular para elétricos. Inicialmente apresentada sob o conceito Zero Concept da Lynk&Co., outro braço da Geely, a SEA também será usada pela Volvo. A confirmação veio justamente do CEO da marca, Hakan Samuelsson, em entrevista ao portal inglês Auto Express.

Segundo o executivo, a plataforma CMA tem limitações para redução de tamanho, principalmente por ainda ter sido pensada para usar motores a combustão e híbridos. O XC40 já estaria no limite mínimo de dimensões para a base, por isso a necessidade de uma nova.

Com isso, a Volvo vai tentar novamente se inserir em segmentos mais compactos, mas pela primeira vez com um SUV. A plataforma SEA foi desenvolvida totalmente na China, enquanto a CMA é sueca, ainda que com financiamento chinês. Nem por isso o projeto deverá ter menos prestígio.

Continua após a publicidade

Ao menos é o que espera o Samuelsson. “Um terno pequeno não precisa ser de poliéster”, brincou o executivo em entrevista aos ingleses. “Podemos construir um Volvo premium sobre a SEA”.

O carro-conceito: Lynk Co Zero Concept Lynk Co/Divulgação

 

Não por acaso, a Volvo registrou as nomenclaturas XC20 e ainda XC10, dando entender que um utilitário ainda menor possa aparecer, embora o registro do nome esteja longe de garantir o lançamento de um modelo.

O XC20 ainda não tem data para lançamento, mas como a marca pretende ter metade de suas vendas compostas por carros elétricos em 2025, é provável que o XC20 apareça nos próximos anos.

Geely/Divulgação

Atualmente, a Volvo designou à Polestar o papel de marca de elétricos do grupo, mas são modelos maiores e mais sofisticados, para competir com Tesla e outras fabricantes de maior volume. A Volvo, no entanto, também terá seus próprios elétricos. Atualmente o XC40 Recharge é o único Volvo totalmente elétrico, mas mais virão.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de setembro da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês