Clique e assine por apenas 8,90/mês

Porsche Cayenne reboca A380 e entra para o livro dos recordes

Aeronave de 285 toneladas foi puxada por duas versões diferentes do Cayenne

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 5 out 2018, 09h03 - Publicado em 1 Maio 2017, 15h05
Cayenne S Diesel entou para o Guinness Book ao rebocar um A380 Divulgação/Porsche

A Porsche garantiu um novo recorde na próxima edição do Guinness Book, o livro dos recordes. Ela usou um Cayenne para rebocar um Airbus A380, a maior aeronave de passageiros do mundo, por 42 metros.

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=g-OqEzK4uxg&w=680&h=383]

O recorde foi registrado no aeroporto Charles de Gaulle, na França, base da AirFrance, que tem dez A380 em uso. Quem puxou a aeronave foi um Cayenne S Diesel saído da linha de montagem, sem nenhuma modificação.

O SUV possui motor V8 4.2 biturbo de 385 cv e 86,6 mkgf de torque. Depois do recorde estabelecido, a Porsche usou um Cayenne Turbo S, com V8 4.8 biturbo a gasolina de 570 cv e 81,6 mkgf para repetir o mesmo feito. 

Aeronave foi presa ao engate que equipa de série o Cayenne Divulgação/Porsche

Um órgão independente atestou que os dois carros não sofreram qualquer alteração técnica. O engate utilizado foi o que equipa de série o Cayenne. Só precisaram adaptar o braço preso ao avião para que ele pudesse ser acoplado ao carro. 

O Cayenne Turbo S desaparece perto do A380 Divulgação/Porsche

O Cayenne S Diesel tem 4,85 m de comprimento, 1,93 m de largura e pesa 2.360 kg. Ele praticamente desaparece na frente do A380, que tem 72,7 m de comprimento, 79,7 m de envergadura, dois andares para mais de 500 passageiros e peso de quase 285 toneladas quando vazio, como na ocasião do teste – totalmente carregado, chega a 575 toneladas!

O título arrematado é o de carro de produção que puxou a aeronave mais pesada. Superou em 115 toneladas o recorde anterior, de um Nissan Patrol V8 que rebocou um Ilyushin Il-76, um cargueiro russo.

Continua após a publicidade
Publicidade