Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Pedrosa será operado após etapa de Jerez

Piloto espanhol sentiu dores depois de conquistar o 3º lugar no GP do Qatar

Por Marcelo Brettas Atualizado em 9 nov 2016, 11h51 - Publicado em 31 mar 2011, 13h07
Dani Pedrosa

Dani Pedrosa (Repsol Honda) já foi operado em outubro para estabilizar a dupla fratura na clavícula esquerda sofrida no GP do Japão no início de 2010. Mas as dores e a dormência na mão esquerda voltaram a incomodá-lo no Qatar, levando os médicos e sua equipe a marcar uma nova cirurgia, aproveitando a janela que se abrirá no calendário após a disputa do GP da Espanha, no próximo domingo.

Com o adiamento do Grande Prêmio do Japão, Pedrosa terá um mês até o GP de Portugal (01/05) para se recuperar da nova operação em que a placa e os parafusos de titânio serão removidos da clavícula para libertar a compressão da artéria subclaviana, que vem causando dormência e falta de força no braço esquerdo do piloto.

“Nunca é bom ter uma operação pela frente, mas estivemos muito tempo à procura de uma resposta para os efeitos desta lesão e agora estou tranquilo porque finalmente sei o que aconteceu”, comentou o piloto. “Mas, meu foco imediato está em Jerez, quero concentrar-me na corrida e trabalhar com a equipe da melhor forma possível para a corrida desse fim-de-semana”.

Continua após a publicidade

Publicidade