Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Novo Honda Civic virá ao Brasil com motor 1.5 turbo mais potente

Fabricante poderá repetir por aqui a mesma estratégia da Tailândia; para o Brasil, o sedã chegaria importado em versão única vinda do Canadá

Por Guilherme Fontana 10 ago 2021, 17h54
Honda Civic Touring
Honda Civic Touring Divulgação/Honda

O Honda Civic está prestes a perder seu protagonismo no mercado brasileiro, que será tomado pelo novo City. Em um intervalo de poucos meses, a nova geração do compacto será responsável por descontinuar as produções nacionais do sedã médio e do Fit, que será substituído pelo inédito City hatch.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Há esperanças, porém, de que a marca repita no Brasil a estratégia da Tailândia: vender o novo Civic apenas com motor 1.5 turbo para se distanciar do “irmão” menor. Por aqui, a única certeza é que ele chegaria importado e a partir de 2022.

Honda Civic Touring
Honda Civic Touring Divulgação/Honda

A diferença poderá ficar para o número de versões disponíveis. Enquanto o mercado tailandês há três configurações diferentes, no Brasil o Honda Civic será vendido em versão única, Touring. Não surpreende: é a mesma estratégia vista nos CR-V e Accord. O preço ficaria bem acima dos R$ 157.400 cobrados atualmente pelo Civic nacional mais caro.

O motor 1.5 i-VTEC Turbo não é uma grande novidade, mas melhorias no fluxo do escape e a adoção de variação da abertura das válvulas da escape e de tempo para os dois comandos elevaram o rendimento. Agora tem 182 cv e 24,5 kgfm, contra os 173 cv e 22,4 kgfm do modelo vendido atualmente no Brasil.

Continua após a publicidade

 

Honda Civic Touring
Interior tem visual moderno, central multimídia com 9 polegadas e quadro de instrumentos digital Divulgação/Honda

No Canadá, onde é produzido e de onde possivelmente será importado para o Brasil, o novo Civic Touring dispõe de uma boa lista de equipamentos, incluindo central multimídia com tela de 9 polegadas (com Android Auto e Apple CarPlay sem fio), sistema de som Bose, carregador de celulares por indução, roteador wi-fi, quadro de instrumentos digital, partida remota pela chave, faróis de LED e rodas de 18 polegadas.

  • Ele também é equipado com diversos sistemas de segurança, como frenagem automática de emergência, alerta e correção para saídas de faixas, leitura de placas de trânsito, piloto automático adaptativo, airbags frontais, laterais e de cortina, assistente de partida em rampas e controles de estabilidade e tração. Estes equipamentos, que compõem o pacote Honda Sensing, estarão nos carros destinados ao Brasil.

    Honda Civic Touring
    Modelo norte-americano tem rodas de liga leve de 18 polegadas Divulgação/Honda

    Mais tarde, o novo Honda Civic também poderá ser importado na versão Si, que será apresentada em outubro com mais de 210 cv, e ser um dos três híbridos que a Honda venderá no Brasil até 2023. O primeiro a passar por eletrificação será o Honda Accord, que estreia nos próximos meses, seguido pelo CR-V.

    Por enquanto, esta 11a geração do Honda Civic só tem versão híbrida na Europa e na versão hatch, e combina o motor 1.5 aspirado a dois elétricos.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Edição de julho

    Continua após a publicidade
    Publicidade