Novo Chevrolet Onix hatch chega às lojas só no fim de novembro

Enquanto o Onix Plus já está disponível nas revendas, carroceria de dois volumes ainda demora mais um pouco até chegar ao consumidor

Novo Chevrolet Onix hatch

Novo Chevrolet Onix hatch (Divulgação/Chevrolet)

Se o Chevrolet Onix Plus já começa a ser encontrado nas revendas brasileiras da marca – e inclusive já consta no ranking de emplacamentos da Fenabrave, a associação nacional dos concessionários –, pela nova geração do Onix hatch ainda será preciso esperar mais um bocado.

Durante o lançamento do Onix Plus, a GM chegou a revelar o visual do dois-volumes e a confirmar que sua chegada às vitrines ocorrerá em novembro. Mas não revelou mais detalhes.

QUATRO RODAS apurou junto a fontes de concessionários que o início do abastecimento dos estoques ocorrerá, efetivamente, na segunda quinzena de novembro. Com isso, o início efetivo das entregas deve ocorrer entre fim de novembro e começo de dezembro, a depender da região.

Lembrando que os preços, versões e equipamentos do novo Onix hatch já estão revelados.

Hatch chegará às lojas só dois meses depois do sedã

Hatch chegará às lojas só dois meses depois do sedã (Divulgação/Chevrolet)

A linha 2020 partirá de R$ 48.490 na versão básica 1.0 aspirada flex manual, de 82 cv, e chegará a R$ 72.990 (sem contar pintura metálica) na de topo Premier II, equipada com propulsor 1.0 turbo flex de 117 cv e câmbio automático.

Embora haja diferenças de projeto, como o entre-eixos mais curto (cerca de 2,55 metros) e as lanternas traseiras simplificadas, a lista de equipamentos do Onix hatch será idêntica à do sedã da base até a versão Premier II.

Ela incluirá seis airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, ar-condicionado, monitoramento de pressão dos pneus e trio elétrico desde a configuração de entrada.

A mais completa de todas trará Wi-Fi (com plano pago à parte), carregador de celular sem fio, controle de cruzeiro, assistente de estacionamento, luzes de posição e lanternas com led, faróis com projetores, central MyLink 3, ar digital, alerta de ponto cego e bancos revestidos de couro sintético com opção de tom contrastante contrastante.

Porém, a grande diferença do dois para o três-volumes será a existência da versão RS, que dará ao hatchback uma pegada mais esportiva, apesar da manutenção do propulsor 1.0 turbo.

Ainda não está claro, contudo, se ela será apresentada já em novembro ou se ficará para 2020.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s