Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Novo Chevrolet Onix hatch chega às lojas só no fim de novembro

Enquanto o Onix Plus já está disponível nas revendas, carroceria de dois volumes ainda demora mais um pouco até chegar ao consumidor

Por Leonardo Felix 4 out 2019, 07h00
Novo Chevrolet Onix hatch Divulgação/Chevrolet

Se o Chevrolet Onix Plus já começa a ser encontrado nas revendas brasileiras da marca – e inclusive já consta no ranking de emplacamentos da Fenabrave, a associação nacional dos concessionários –, pela nova geração do Onix hatch ainda será preciso esperar mais um bocado.

Durante o lançamento do Onix Plus, a GM chegou a revelar o visual do dois-volumes e a confirmar que sua chegada às vitrines ocorrerá em novembro. Mas não revelou mais detalhes.

QUATRO RODAS apurou junto a fontes de concessionários que o início do abastecimento dos estoques ocorrerá, efetivamente, na segunda quinzena de novembro. Com isso, o início efetivo das entregas deve ocorrer entre fim de novembro e começo de dezembro, a depender da região.

Lembrando que os preços, versões e equipamentos do novo Onix hatch já estão revelados.

Hatch chegará às lojas só dois meses depois do sedã Divulgação/Chevrolet
Continua após a publicidade

A linha 2020 partirá de R$ 48.490 na versão básica 1.0 aspirada flex manual, de 82 cv, e chegará a R$ 72.990 (sem contar pintura metálica) na de topo Premier II, equipada com propulsor 1.0 turbo flex de 117 cv e câmbio automático.

Embora haja diferenças de projeto, como o entre-eixos mais curto (cerca de 2,55 metros) e as lanternas traseiras simplificadas, a lista de equipamentos do Onix hatch será idêntica à do sedã da base até a versão Premier II.

Ela incluirá seis airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, ar-condicionado, monitoramento de pressão dos pneus e trio elétrico desde a configuração de entrada.

A mais completa de todas trará Wi-Fi (com plano pago à parte), carregador de celular sem fio, controle de cruzeiro, assistente de estacionamento, luzes de posição e lanternas com led, faróis com projetores, central MyLink 3, ar digital, alerta de ponto cego e bancos revestidos de couro sintético com opção de tom contrastante contrastante.

Porém, a grande diferença do dois para o três-volumes será a existência da versão RS, que dará ao hatchback uma pegada mais esportiva, apesar da manutenção do propulsor 1.0 turbo.

Ainda não está claro, contudo, se ela será apresentada já em novembro ou se ficará para 2020.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês