Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Nova família Chevrolet com Onix, Prisma e SUV chega ao Brasil em 2020

Derivados de uma mesma plataforma, eles serão projetados pela GM chinesa

Por Paulo Campo Grande Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 3 mar 2023, 17h25 - Publicado em 16 abr 2018, 13h34
chevrolet fnr-x
Versão de produção do FNR-X deverá ser apresentada este ano (Divulgação/Chevrolet)

A próxima geração de Onix, Prisma, Cobalt e Spin, e também um novo SUV, já têm data para chegar ao mercado. O lançamento dessa família no Brasil deve começar em 2020 sendo que o primeiro deverá ser o hatch Onix.

Para entender os passos da GM, basta observar o que a matriz da empresa planeja para os países emergentes, começando pela China. Por lá, a estreia será com o Sail, sedã compacto que em gerações passadas era a versão chinesa do nosso Classic. O Sail deve ser mostrado até o final deste ano, como linha 2019.

O que todos esses modelos comercializados em países como Brasil, China e México têm em comum é a plataforma desenvolvida para os emergentes batizada GEM (Global Emerging Markets). De acordo com as diretrizes da GM, o desenvolvimento dos carros derivados dessa plataforma ficará sob responsabilidade da filial chinesa, junto com a sua parceira local, SAIC.

Ainda é cedo para falar do design de todos esses novos modelos. A dupla Onix/Prisma foi reestilizada em 2016 e a atualização da Spin, ainda nem foi mostrada no Brasil. O monovolume ganhará dianteira e traseira inspiradas no Cobalt. Mas a marca deve ter mais ousadia nas novas famílias.

Continua após a publicidade

Uma pista de como o desenho da família vai evoluir nos foi dada pelo SUV-conceito Chevrolet FNR-X, mostrado no Salão de Xangai em 2017 – a versão definitiva deve surgir agora na edição deste ano do salão chinês.

Nele, a grade dianteira fica mais discreta cedendo espaço para a abertura do para-choque que cresce, aparece e ganha contornos mais agressivos. Os faróis são pequenos e discretos – quem realmente domina snao as grandes tomadas de ar verticais.

Nas laterais, as caixas de roda também ficam mais destacadas e, na traseira, as lanternas horizontais parecem se encontrar no centro da tampa, por efeito de um elemento de ligação.

chevrolet fnr-x
As lanternas ocupam quase toda a extensão da traseira (Divulgação/Quatro Rodas)

Além de revelar a nova linguagem visual da marca, esse SUV-conceito antecipa como será o mais novo integrante da família GEM. Junto com a nova base, os modelos também ganham novos motores. Segundo uma fonte, um deles será um 1.0 flex turbo.

O sinal mais visível de que a GM do Brasil vai nessa direção são os recentes anúncios de investimentos destinados a renovação da linha, lançamento de novos modelos e ampliação da capacidade das unidades de São Caetano (SP), Gravataí (RS) e na fábrica de motores de Joinville (SC).

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.