Clique e assine por apenas 8,90/mês

Segredo: Dokker, o novo furgão da Renault para o Brasil

O aposentado Kangoo dá lugar ao Dacia Dokker, maior e mais espaçoso

Por Paulo Campo Grande - 12 mar 2018, 18h43
Renault Dokker
O Dacia Dokker é maior e mais espaçoso que o Renault Kangoo Nadir Barrero/Quatro Rodas

Com o fim do Clio, que era feito na Argentina, a Renault vai aposentar também o Kangoo, derivado desse modelo.

Para o lugar virá o Dokker, um furgão da Dacia, marca romena do Grupo Renault, como mostra a foto feita pela leitora Nadir Barrero, rodando em Joinville (SC).

O modelo será produzido na Argentina com o mesmo motor 1.6 16V SCe da linha Sandero/Logan, e pode inclusive manter o antigo nome Kangoo, já consolidado no continente.

Renault Dokker
Porta lateral é do tipo corrediça Nadir Barrero/Quatro Rodas

Baseado na plataforma do Sandero/Logan, na Europa o Dokker tem versões de trabalho e de passageiros – esta última, fotografada no Brasil, tem inclusive versão aventureira Stepway.

Continua após a publicidade

Portanto, existe a possibilidade de a Renault oferecer os dois no Brasil, principalmente porque, ainda que não seja oficial, notícias dão conta de que a Fiat está encerrando a produção do Doblò no país, modelo que é líder nesse segmento.

Dacia Dokker Stepway
Na Europa, carroceria de passageiros tem versão Stepway reprodução/Divulgação

Em relação ao antecessor, o Dokker é sensivelmente maior (são 4,36 m de comprimento, contra 4,03 m do Kangoo), se aproximando do porte da Doblò.

 

A unidade fotografada tem apenas uma porta corrediça lateral, do lado direito (na Europa, a versão de passageiros pode ser equipada uma porta de cada lado), e uma tampa bipartida na traseira.

Continua após a publicidade
Dacia Dokker Stepway
Produção será na Argentina; o nome Kangoo tem chance de ser mantido reprodução/Divulgação

A oferta atual do Kangoo no Brasil abrange apenas a versão furgão. Sem porta corrediça lateral, ela parte de R$ 59.550.  Nesta configuração, porém, não estão inclusos nem direção hidráulica, nem ar-condicionado.

 

Publicidade