Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Mulally ressalta importância do Brasil para Ford

CEO diz que compactos vão dominar vendas e elogia Ka e EcoSport

Por Vitor Matsubara, de Detroit (EUA)* Atualizado em 9 nov 2016, 12h59 - Publicado em 13 jan 2014, 14h44
fabricantes

O Brasil está em alta dentro da Ford. É o que afirmou o CEO da empresa, Alan Mulally, em entrevista exclusiva concedida a QUATRO RODAS.

“Trata-se de um de nossos mercados mais importantes fora dos Estados Unidos. Nós aprendemos muito com o mercado brasileiro e extraímos várias informações valiosas para a empresa. Isso sem contar o desenvolvimento de produtos como o EcoSport, que nasceu lá e hoje o mundo todo sabe o quão fantástico este produto é”, afirmou o executivo.

>>> Veja tudo sobre o Salão de Detroit

Questionado sobre sua expectativa a respeito do novo Ka (definido por Mulally como “bonito demais”), o executivo literalmente desenhou um gráfico para a reportagem de QUATRO RODAS para mostrar a importância do segmento de compactos para a marca em todo o mundo.

“Veja só… Um terço das vendas globais serão das Américas (do Norte, Central e do Sul) e o restante será dividido entre Europa, Ásia e Pacífico. E se analisarmos as categorias dos veículos, cerca de 60% de todos os carros serão das categorias B e C, nas quais se encontram modelos como o Ka, o Fiesta e o Focus. Até modelos do porte do Escort (o conceito mostrado na China) estão neste grupo. Sendo assim, é só pensar no nosso plano One Ford, que envolve todo o mundo, e então você entenderá porque este segmento é tão importante para nós”.

Por fim, Mulally voltou a encher a bola do SUV desenvolvido no Brasil para vários países do mundo.

“A Ford nunca teve uma família tão completa de carros compactos como agora no mundo. E tudo começou no Brasil, com o lançamento do EcoSport”, concluiu.

*Repórter viajou a convite da Anfavea

Continua após a publicidade
Publicidade