Mitsubishi Eclipse Cross (agora um SUV) volta ao Brasil em 2018

Nome que ficou famoso no cupê esportivo retorna para batizar um crossover

Mitsubishi Eclipse Cross Do Eclipse antigo, só sobrou o nome

Do Eclipse antigo, só sobrou o nome (divulgação/Mitsubishi)

A HPE, representante da Mitsubishi no Brasil, confirmou nesta sexta (18) que irá vender o novo Eclipse no Brasil em 2018. Mas não se trata do esportivo que marcou as décadas passadas: o modelo retorna com o sobrenome Cross e proposta SUV.

A marca não deu detalhes mais detalhes sobre a precificação e motorização do modelo, mas é provável que ele seja oferecido com motor 1.5 turbo a gasolina e 2.2 turbodiesel. A tração é sempre 4×4, com câmbio CVT na versão de ciclo Otto e automático convencional de oito marchas na diesel.

Mitsubishi Eclipse Cross Porte deverá ser intermediário entre o ASX e o Outlander

Porte deverá ser intermediário entre o ASX e o Outlander (divulgação/Mitsubishi)

O nome Eclipse ficou famoso na década de 90, quando batizou um cupê esportivo que durou até 2011. As duas gerações do modelo também ficaram conhecidas globalmente após protagonizarem os dois primeiros filmes da série Velozes e Furiosos.

Apesar de não ter revelado a potência dos motores, é pouco provável que o Eclipse Cross faça jus à esportividade ligada a seu nome.

Mitsubishi Eclipse Cross Visual da traseira é ousado, com lanternas interligadas dividindo a tampa do porta-malas

Visual da traseira é ousado, com lanternas interligadas dividindo a tampa do porta-malas (divulgação/Mitsubishi)

Em contrapartida, a marca recheou o modelo com diversos equipamentos, como controlador de velocidade de cruzeiro, touchpad no console central (semelhante aos usados pela Lexus) e projeção de informações em uma peça plástica retrátil na base do para-brisas.

Painel de instrumentos tem um Head-Up Display entre o volante e o para-brisa

Painel de instrumentos tem um Head-Up Display entre o volante e o para-brisa (Divulgação/Mitsubishi)

No Brasil o Eclipse Cross será vendido ao lado do Pajero HPE, L200, Pajero Outdoor, ASX e Lancer (fabricados em Catalão, GO) e Pajero Full e Outlander (importados).

Ainda não ficou claro em qual segmento o carro irá concorrer. A hipótese mais provável é que ele seja intermediário entre o ASX (que parte de R$ 102.990 ) e o Outlander (a partir de R$ 135.990).

Mitsubishi Eclipse Cross Console central terá touchpad para comandar a central multimídia

Console central terá touchpad para comandar a central multimídia (divulgação/Mitsubishi)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. José André Alves

    Traseira horrorosa. Muito parecida com a do Pontiac Aztec, um dos carros mais feios já fabricados.