Clique e assine por apenas 8,90/mês

Honda divulga preços de City e Accord 2016

Com mais equipamentos, City chega a "salgados" R$ 77 900; Accord de cara nova parte de R$ 156 300

Por Guilherme Fontana - Atualizado em 23 nov 2016, 20h24 - Publicado em 7 jan 2016, 13h58
Honda City EXL 2016
Visual não teve alterações na linha 2016 do City

No último mês de dezembro, a Honda divulgou a linha 2016 do City mas ficou devendo os preços. Agora, a marca revelou os novos valores do sedã, que ficou até R$ 5 200 mais caro e chega às lojas em fevereiro. Em conjunto, o Accord reestilizado estará disponível já este mês e também teve seu novo preço revelado.

Sem quaisquer novidades visuais, o City 2016 ganhou mais equipamentos de série e agora parte de R$ 58 mil na versão DX com câmbio manual, antes tabelada em R$ 55 300. Esta configuração incorporou à lista de equipamentos itens como chave canivete, para-brisa degradê, quadro de instrumentos com iluminação branca e ajuste de profundidade da coluna de direção. A seguinte, LX CVT (R$ 69 000), passou a ter comandos de áudio no volante e maçanetas internas cromadas, enquanto a EX (R$ 72 500) tem entre as novidades volante revestido em couro e apoio de braço central.

A topo de linha EXL foi quem ganhou os equipamentos mais importantes, porém também foi a que ficou mais cara. Agora com GPS integrado e seis airbags, parte de R$ 77 900 (R$ 5 200 a mais em relação à linha 2015). Todas as configurações permanecem equipadas com motor 1.5 i-VTEC flex de até 116 cv. A transmissão é manual de cinco velocidades na versão de entrada DX e automática CVT nas demais. 

Honda Accord 2016 1
Reestilizado, o Accord agora é vendido em versão única

O Accord agora é vendido em versão única a R$ 156 300. A linha 2016 do sedã foi reestilizada e tem faróis iluminados integralmente em leds. Na traseira, as lanternas também foram redesenhadas e a lateral ganhou novas rodas de 18 polegadas. Entre os equipamentos há central multimídia com GPS integrado e possibilidade de conexão WiFi, partida do motor a distância pela chave e detector de objetos em pontos cegos. O modelo é sempre equipado com motor V6 3.5 de 280 cv de potência e 34,6 mkgf de torque e transmissão automática de seis marchas. Todos os detalhes e impressões ao dirigir podem ser vistos na edição de janeiro de QUATRO RODAS

Continua após a publicidade
Publicidade