Fiat Toro Ranch: nova versão custa mais que a Toyota Hilux diesel

Configuração passa a ser a opção mais cara da linha; Tem motor 2.0 e câmbio automático de nove marchas

Rack, retrovisores e estribos cromados são exclusivos da Toro Ranch

Rack, retrovisores e estribos cromados são exclusivos da Toro Ranch (Divulgação/Fiat)

Se há algo que não tem limite é o quanto de penduricalhos você pode adicionar em um modelo, sobretudo se ele tiver apelo aventureiro.

A inédita Fiat Toro Ranch o mais recente exemplar do segmento, que abusa dos acessórios para custar mais conquistar novos clientes.

O engate é removível, apesar de que muita gente não vai fazer uso dessa possibilidade…

O engate é removível, apesar de que muita gente não vai fazer uso dessa possibilidade… (Divulgação/Fiat)

A nova versão topo de linha tem como base a Volcano 2.0 diesel de 170 cv, mas inclui elementos estéticos para justificar seu preço de R$ 149.990 – R$ 7.000 acima da versão mais cara até então.

O preço, inclusive, supera os R$ 136.970 da Toyota Hilux STD 2.8 turbodiesel.

Painel, bancos e portas receberam forração em um tom exclusivo de marrom

Painel, bancos e portas receberam forração em um tom exclusivo de marrom (Divulgação/Fiat)

A lista de itens exclusivos é grande e inclui: rodas com nova coloração, retrovisores, estribos e santantônio cromados, gancho de reboque removível e placas alusivas à versão.

As rodas de liga-leve de 18″ receberam uma pintura nova pintura prata escurecida

As rodas de liga-leve de 18″ receberam uma pintura nova pintura prata escurecida (Divulgação/Fiat)

Por dentro os bancos usam um couro marrom claro com o nome Ranch perfurado nos encostos dianteiros. O mesmo tom está em partes do painel e na forração das portas. A cobertura do teto e das colunas também foi escurecida.

A versão Ranch usa o mesmo 2.0 turbodiesel de 170 cv com câmbio automático de nove marchas da Volcano

A versão Ranch usa o mesmo 2.0 turbodiesel de 170 cv com câmbio automático de nove marchas da Volcano (Divulgação/Fiat)

Os itens de série são os mesmos da Toro Volcano, com ar-condicionado digital de duas zonas, quadro de instrumentos com LCD central de 7 polegadas, chave presencial com partida remota e faróis com cornering lights e DRL em leds.

Infelizmente isso significa que o veterano sistema multimídia com tela de 5″ de baixa resolução também está incluindo no pacote.

O equipamento destoa do que é oferecido até em modelos mais baratos da Fiat, e não dispõe de nenhuma integração para celulares Android e iOS.

A Toro Ranch chega às concessionárias na última semana do mês e não tira de linha as versões Volcano 2.0 e a também inédita 2.4.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Antonio Marcelino

    Obviamente que o fato de ter público alvo diferente não lhe retira a possibilidade de competir com pickups de outros segmentos, inclusive no preço. Mas na necessidade de outros ajustes, incluive, na escolha de materiais mais resistentes, principalmente no pára-choque trazeiro que parece de papelão: é só encostar e a tampa da caçamba se deforma

  2. Jorge Nicolau

    Também está mais cara que a Ford Ranger XLT, que este mês a Ford está vendendo por 147 mil reais, infinitamente melhor e mais barata que a hilux e imposssível de compará-la com este bezerrinho.