Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Fiat quer deixar mercado de massa na Europa

CEO programa direcionamento do foco para o lucro

Por Rodrigo Furlan Atualizado em 9 nov 2016, 14h23 - Publicado em 9 mar 2015, 17h26
paris-2014

A Fiat programa para a Europa uma ação que, no Brasil, seria absolutamente impensável: a saída do mercado de massa, ou seja, aquele em que o volume de vendas é a prioridade. A informação foi confirmada por Sergio Marchionne, CEO da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), em entrevista ao site Automotive News Europe.

“Nós perderemos o apelo de marca popular e vamos nos focar naquilo que fazemos de melhor”, disse Marchionne, fazendo referência também à priorização do lucro. “Nos próximos cinco a dez anos, será vista a reconfiguração de nossa posição dentro do mercado, como resultado da globalização da Jeep e expansão da Alfa Romeo como marca global de esportivos”, frisou.

Publicidade