Fiat Cronos é o nome do sedã do Argo

Nome oficial foi divulgado em corrida de Uno com escada no teto. Modelo custará entre R$ 58.000 e R$ 80.000

 (Du Oliveira/Quatro Rodas)

Cronos é o nome do novo sedã compacto da Fiat, que começa a ser vendido no Brasil em março. Derivado do Argo, o modelo terá a missão de substituir o Linea e as versões mais caras do Grand Siena. Em outras palavras, será o principal concorrente do Volkswagen Virtus, o sedã do Polo, e dos Chevrolet Prisma e Cobalt, e Hyundai HB20S.

Assim como Argo, o nome Cronos também vem da mitologia grega. Existe Chronos o mais jovem dos titãs, filho de Urano, o céu estrelado, com Gaia, a Terra. Ele é a personificação do tempo eterno e imortal. Não por acaso, a Fiat diz ser o “início de um novo tempo”.

Instagram da Fiat Argentina revelou o nome do sedã

Instagram da Fiat Argentina revelou o nome do sedã (Reprodução/Instagram)

O nome foi revelado de duas formas. Na Argentina, onde o Fiat Cronos será fabricado, a fabricante fez um concurso onde o público poderia dar seus palpites. Agora as pessoas que acertaram o nome participarão do sorteio de uma viagem para a Itália.

No Brasil, foi mais divertido. A fabricante italiana realizou uma corrida de Uno com escada, um dos carros mais rápidos do mundo (de acordo com a internet) para revelar o nome do seu novo sedã. A cada volta os Uno são substituídos por um modelo recente da Fiat – Mobi, Toro e Argo.

Conhecido até agora como “Projeto X6S”, o Fiat Cronos é baseado na plataforma MP1, a mesma do Argo. Com portas traseiras maiores, o sedã terá entreeixos maior que os 2,52 m do Argo. Com o terceiro volume na traseira, a capacidade do porta-malas ficará acima dos 520 L, capacidade atual do Grand Siena.

A Fiat também optou por criar uma frente exclusiva para o sedã, com faróis, grade e para-choque próprios. Esta mesma estratégia é adotada desde o lançamento do Grand Siena, em 2012.

Sedã Argo já está rodando em Goiana (PE) Sedã Cronos foi flagrado com camuflagem pesada

Sedã Cronos foi flagrado com camuflagem pesada (Victor Henrique/Quatro Rodas)

A propósito, o Grand Siena não sairá de linha com o lançamento do Cronos. Porém, será vendido apenas com os motores 1.0 e 14 Fire Evo, com 75 e 88 cavalos.

Serão dois os motores do Fiat Cronos. As versões de acesso ficarão com o motor 1.3 8V Firefly de 109 cv e 14,2 mkgf de torque, com opção de câmbio manual ou automatizado GSR, ambos de cinco marchas. As versões mais caras receberão o 1.8 E.torQ EVO que rende 139 cv e 19,3 mkgf com opção de câmbio manual de cinco marchas e automático de seis. Modelo custará entre R$ 58.000 e R$ 80.000

Enquanto o Argo é fabricado em Betim (MG), o Cronos será importado da Argentina. A Fiat investiu US$ 650 milhões na modernização da fábrica de Córdoba, que produziu Palio e Siena EL nos últimos tempos. 

Faltam aproximadamente quatro meses para o lançamento do Cronos, mas é possível que seu design definitivo seja revelado antes do final de 2017.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. HardWing Plays

    …que seu design definitivo…seja diferente deste da foto, essa traseira é muito feia!

  2. Nome horrível para um carro horrível fabricado na Argentina.
    Certamente será um fracasso.

  3. Diego Berlezi

    80k num grand siena modificado? Kkkkkkkkk. 80k num seda compacto???? Ficaram doidos?

  4. Rapaz, que carro feio!!!

  5. Cristiano Brito

    Fiat Cornos….opa…Cronos

  6. O grande problema é o ultrapassado e beberrão motor do Renegade e Toro. Vão tomar uma lavada do Virtus.

  7. Jeferson Furtado

    80 mil custa um sedã superior…. Se o motor do Siena já é fraco, imagina pagar 58mil por um motor 1.3. Só no Brasil !!!