Clique e assine com até 75% de desconto

Sedãs compactos automáticos: Nissan Versa x Hyundai HB20S x Toyota Etios

Versa, HB20S e Etios, todos com câmbio automático e na faixa de R$ 60.000, estão de olho na sua garagem. Com qual você vai?

Por Péricles Malheiros Atualizado em 23 nov 2016, 21h31 - Publicado em 16 ago 2016, 19h30
Nissan Versa, Hyundai HB20S e Toyota Etios
Nissan Versa, Hyundai HB20S e Toyota Etios sedã

Tempos de crise como este que estamos vivendo desde 2014 despertam o lado mais racional do consumidor de automóveis. E se a receita para superar a fase difícil é não falar dela, o melhor a fazer é caprichar na hora da compra. Criados para atender famílias geralmente com um único carro em casa, os sedãs compactos andam em alta, recebendo, inclusive, parte do público que andava mirando modelos de segmentos superiores.

Veja o trio aqui reunido: Hyundai HB20S, Nissan Versa e Toyota Etios passaram por mudanças recentes justamente para focar em quem está atrás da melhor opção com o conforto do câmbio automático, o mais rico pacote de equipamentos possível e a melhor entrega de espaço, sempre na faixa dos R$ 60.000 – um pouco para mais, um pouco para menos.

O Prisma ficou de fora, pois acaba de receber um facelift e ainda não havia sido disponibilizado para testes antes do fechamento da matéria.

 

3° – Hyundai HB20S Comfort Plus 1.6 – R$ 59.935

Hyundai HB20S
Em design, o HB20S bate de longe a concorrência Marco de Bari/Quatro Rodas

O HB20S é, sem dúvida, o modelo cuja versão considerada no comparativo (Comfort Plus) é a que tem o visual mais distante da versão cedida para fotos (Premium completa). Esqueça os faróis com projetor, os detalhes cromados e as lanternas com iluminação especial.

Para ter o Hyundai automático mais próximo dos R$ 60.000 (exatos R$ 59.935), o comprador precisará se contentar com o pacote de equipamentos mais pobre do trio. Faróis de neblina, central multimídia, GPS e rodas de liga ficam de fora.

Hyundai HB20S
HB20S tem o pacote de equipamentos mais simples, mas o acabamento é o mais caprichado

Hyundai HB20S
Câmbio tem seis marchas e é o único que oferece opção de trocas manuais

É fato que ele é equivalente ao Versa, exceto pelas rodas. Mas é na oferta de espaço que o coreano perde feio para os japoneses. No porta-malas, por exemplo, cabem 450 litros de bagagem, ante 460 do Versa e 562 do Etios – na prática, porém, o do Nissan parece tão grande quanto o do Toyota.

Na cabine, não há discussão: o HB é o mais apertado, como antecipa a carroceria mais curta, de 4,23 m — o Etios mede 4,27 e o Versa tem 4,49. No banco traseiro, sua família encontrará o mesmo bom nível de acabamento da dianteira, com plásticos de toque e visual agradável, isento de rebarbas. Mas nem de longe terá à disposição a vastidão de espaço para as pernas do Versa ou o teto alto Etios.

Hyundai HB20S
Direção hidráulica é comunicativa, e o motor 1.6 16V rende bem

Hyundai HB20S
Atrás, espaço mais apertado que o dos rivais

O 1.6 16V do HB é um dos melhores motores à venda no Brasil. Muito potente (128/122 cv) e forte (16,5/16 mkgf), ganhou um importante reforço recentemente: o câmbio automático de seis marchas, o único com opção de trocas manuais. Dos três sedãs, o HB é o que entrega mais prazer ao dirigir: a direção hidráulica é mais comunicativa do que a dos japoneses (ambos com assistência elétrica) e a suspensão tem o melhor compromisso entre conforto e estabilidade.

Hyundai HB20S
Abertura de porta-malas, tanque e capô são simples, mas bem localizados

No geral, ficou atrás do Versa por pouco. Num combate onde o racional fala mais alto, o consumo maior, o menor espaço para pessoas e bagagem e a pior relação entre preço e conteúdo jogaram contra o belo e valente HB20S.

 

2° – Nissan Versa SV 1.6 – R$ 57.990

Nissan Versa
Visual conservador segue a linha da Nissan Divulgação/Nissan

Eis a novidade mais quente entre os sedãs automáticos na faixa dos R$ 60.000. A linha 2017 do Versa, lançada em junho, trouxe como grande novidade justamente o câmbio CVT, de relação continuamente variável.

Para quem ainda não tem muita intimidade com o mundo das transmissões automáticas, o CVT, diferente do conversor de torque tradicional utilizado no Etios e no HB, opera com polias cônicas de diâmetro variável interligadas por uma correia. Na prática, o CVT ganha em suavidade, uma vez que não há troca de marchas.

Nissan Versa
GPS e ar digital, só na versão top de linha SL

Nissan Versa
Versa é o único equipado com câmbio CVT

Como contrapartida, é preciso se adaptar ao som característico do CVT, que passa a impressão de embreagem patinando, pois a rotação do motor se eleva e o câmbio parece demorar a tirar proveito dela. Mas é só impressão mesmo: em nossa pista, o Versa com CVT mostrou ótimo equilíbrio entre desempenho e consumo.

Continua após a publicidade

Assim como no HB, aqui também vale o alerta: a versão cedida para fotos é a SL, de R$ 64.690, mais completa do que a SV, de R$ 57.990, considerada no comparativo. Ou seja, nada de ar-condicionado digital, couro nos bancos ou multimídia. Há até alguns exageros na lista de ausências, como os retrovisores com pisca e o acabamento em preto brilhante no painel, exclusivos do SL.

Nissan Versa
Bancos de couro também não estão inclusos na versão SV

Nissan Versa
Espaço para os passageiros no banco de trás é melhor que o de alguns sedãs médios

Depois de se acomodar na posição do motorista, nosso piloto de teste, Eduardo Campilongo (1,83 m de altura), foi para trás. “Tem sedã grande que não oferece tanto espaço. Consigo cruzar as pernas”, disse. O problema é que o encosto traseiro é muito recuado e deixa  o passageiro com a cabeça rente ao teto.

Nissan Versa
Alavancas de abertura interna do capô e do tanque, mal-sinalizadas, causam confusão

O painel do Versa entrega alguns deslizes da marca no controle de qualidade. O plástico tem cantos afiados no porta-objetos acima do porta-luvas e na junção da moldura central com o topo do painel. Além disso, o Versa é o único cuja região do airbag do passageiro é claramente notada na superfície do plástico.

 

1° – Toyota Etios XLS 1.5 – R$ 61.430

Toyota Etios
Design continua – e continuará – sendo o ponto criticado do Etios

Por aqui, o único representante que ultrapassa a marca dos R$ 60.000 é a versão topo de linha enviada para avaliação, a XLS, de R$ 61.430. Apesar de ligeiramente mais caro, enquanto nos rivais você estaciona na versão de entrada para ter um sedã automático nessa faixa de preço, no Etios dá para ir até o topo, onde há multimídia, GPS, rodas de liga, ar-condicionado, revestimento que imita couro, volante multifuncional (herdado do Corolla) e até piloto automático.

Mas com tantos atrativos assim, estaria a Toyota operando algum milagre com o Etios? Claro que não. O fato é que a Toyota entendeu que seu patinho feio precisava compensar a falta de charme.

Toyota Etios
Central multimídia, painel digital e volante multifuncional: tudo de série no Etios XLS

Toyota Etios
Câmbio do Etios tem apenas quatro marchas, mas não compromete

Há ainda um completo computador de bordo que permite o acompanhamento não apenas do consumo de combustível, mas do valor gasto. Esse atrativo, aliás, faz parte do bom pacote de mudanças introduzido na linha 2017, que incorporou (finalmente) um painel digital que pôs fim ao antigo analógico, feio e de difícil leitura.

Quando o assunto é desenho, há quase uma unanimidade sobre o Etios: esteticamente, ele não é páreo sequer para o morno Versa – e quem dirá para o HB20, o verdadeiro dom-juan dos hatches e sedãs compactos!

Toyota Etios
Tecido que imita couro reveste os bancos

Toyota Etios
Cinto de três pontos e apoio de cabeça para todos os passageiros

No quesito espaço, todos viajam com cabeça e pernas folgadas. A bagagem, mais ainda: são 562 litros no porta-malas – o compartimento do Corolla tem volume de 470 litros.

Externamente, o Etios exibe os mesmos espaços exagerados entre portas e carroceria notados no Versa – no HB, os intervalos são nitidamente menores. Na cabine, plásticos com um exagero de texturas diferente, mas todos isentos de rebarbas e muito bem montados.

Toyota Etios
Abertura do capô parece o antigo comando do afogador

Ao volante, funcionamento suave com pronta resposta em uma larga faixa de rotação, fruto de um casamento bem-sucedido entre o câmbio de quatro marchas e o motor 1.5. Diante do mediano Versa e do pelado HB20S, o defasado (mas completo) Etios foi o que mais fez bonito.

 

AVALIAÇÃO DO EDITOR

Motor e Câmbio – Mecanicamente, os três rivais são bastante equivalentes: o HB é mais esportivo; o Etios, mais silencioso e o Versa, mais econômico.

Dirigibilidade – Diferente dos rivais, o grandalhão Versa sofre no contorno de curvas longas. Já o HB e o Etios são exemplares ao volante.

Segurança – O Etios é o único com três apoios de cabeça e cinto central de três pontos.

Seu bolso – A garantia do HB20S é a maior: cinco anos. A dos japoneses é de três.

Conteúdo – Aqui, o Etios é soberano. O HB, no outro extremo, é econômico até em itens estéticos.

Hyundai HB20S
Porta-malas do HB20S perde por pouco para o do Versa: 450 litros

Nissan Versa
Porta-malas do Versa tem capacidade para 460 litros, mas aparenta até mais

Toyota Etios
Capacidade de 562 litros do Etios é maior que a do Corolla

VEREDICTO

O único (e, para muita gente, limitante) defeito do Etios é o desenho datado. Superada essa questão, ele é a melhor pedida do trio: econômico, completo, confiável, espaçoso e bom de dirigir. Sem falar no pós-venda, melhor que o de muita marca premium.

Teste de pista (com gasolina)
Toyota Etios XLS 1.5 Nissan Versa SV 1.6 Hyundai HB20S Comfort Plus 1.6
Aceleração de 0 a 100 km/h 12,6 s 12,8 s 11,1 s
Aceleração de 0 a 1.000 m 34,5 s – 151,7 km/h 34,1 s – 154,8 km/h 32,8 s – 157,5 km/h
Retomada de 40 a 80 km/h (em D) 6,4 s 5,8 s 4,9 s
Retomada de 60 a 100 km/h (em D) 7 s 7,4 s 6,1 s
Retomada de 80 a 120 km/h (em D) 10,3 s 8,8 s 8,3 s
Frenagens de 60 / 80 / 120 km/h a 0 16,1 / 27,8 / 62,3 m 17 / 29 / 67,8 m 17,5 / 29,7 / 66,8 m
Consumo urbano 11,8 km/l 11,8 km/l 10,8 km/l
Consumo rodoviário 15 km/l 16,6 km/l 14,2 km/l
Ruído interno (neutro / RPM máx.) 44,6 / 72,6 dBA 43,4 / 76,4 dBA 38,6 / 73,5 dBA
Ruído interno (80 / 120 km/h) 65,1 / 73,5 dBA 63,5 / 69,4 dBA 65,1 / 70,6 dBA
Aferição da velocidade real a 100 km/h 94,6 km/h 95,6 km/h 97,6 km/h
Aferição da rotação do motor a 100 km/h em 5ª 2.100 rpm 1.750 rpm 2.250 rpm
Aferição do volante 3,7 voltas 3 voltas 3 voltas
Ficha Técnica
Toyota Etios XLS 1.5 Nissan Versa SV 1.6 Hyundai HB20S Comfort Plus 1.6
Motor diant., transv., 4 cil., 1.496 cm³, 16V, flex, 107/102 cv a 5.600 rpm, 14,7/14,3 mkgf a 4.000 rpm, 72,5 x 90,6 mm diant., transv., 4 cil., 1.598 cm³, 16V, flex, 111/111 cv a 5.600 rpm, 15,1/15,1 mkgf a 4.000 rpm, 78 x 83,6 mm diant., transv., 4 cil., 1.591 cm³, 16V, flex, 128/122 cv a 6.000 rpm, 16,5/16 mkgf a 5.000/4.500 rpm, 77 x 85,4 mm
Câmbio automático, 4 marchas, tração dianteira automático, CVT, tração dianteira automático, 6 marchas, tração dianteira
Direção elétrica, 9,8 m (diâmetro de giro) elétrica, 10,4 m (diâmetro de giro) hidráulica, 10,2 m (diâmetro de giro)
Suspensão McPherson (diant.), eixo de torção (tras.) McPherson (diant.), eixo de torção (tras.) McPherson (diant.), eixo de torção (tras.)
Freios disco ventilado (diant.) e tambor (tras.) disco ventilado (diant.) e tambor (tras.) disco ventilado (diant.) e tambor (tras.)
Pneus 185/60 R15 185/65 R15 185/60 R15
Peso 970 kg 1.061 kg 1.084 kg
Peso/potência 9,07/9,51 kg/cv 9,56/9,56 kg/cv 8,47/8,89 kg/cv
Peso/torque 65,99/67,83 kg/mkgf 70,26/70,26 kg/mkg 65,7/67,75 kg/mkgf
Dimensões comprimento, 426,5 cm; largura, 169,5 cm; altura, 151 cm; entre-eixos, 255 cm; porta-malas, 562 litros; tanque de combustível, 45 comprimento, 449,2 cm; largura, 169,5 cm; altura, 150,6 cm; entre-eixos, 260 cm; porta-malas, 460 litros; tanque de combustível, 41 comprimento, 423 cm; largura, 168 cm; altura, 147 cm; entre-eixos, 250 cm; porta-malas, 450 litros; tanque de combustível, 50 l
Equipamentos de série ar-condicionado, direção elétrica, travas, vidros e retrovisores elétricos, rodas de liga leve, volante multifuncional, piloto automático, multi­mídia, faróis de neblina, computador de bordo ar-condicionado, direção com assistência elétrica, travas, vidros e retrovisores elétricos, rodas de liga leve, volante multifuncional, rádio, computador de bordo ar-condicionado, direção com assistência hidráulica, travas, vidros e retrovisores elétricos, rodas de aço com calotas, volante multifuncional, rádio, computador de bordo
Continua após a publicidade
Publicidade