Fiat Argo e Mobi deixam de oferecer versões com câmbio automatizado GSR

Fabricante também alterou preços dos dois modelos, o que levou o Mobi a dividir com o Kwid o posto de carro mais barato do Brasil

Argo 1.3 GSR não está mais no catálogo da Fiat

Argo 1.3 GSR não está mais no catálogo da Fiat (Christian Castanho/Quatro Rodas)

A Fiat resolveu mexer em algumas versões do Argo e do Mobi em 2020. A primeira mudança, e mais relevante delas, está no câmbio que vai junto ao motor 1.3 Firefly.

O cliente que procurar pelo Argo Drive 1.3 GSR, equipado com a caixa automatizada monoembreagem de mesmo nome, não encontrará mais a versão disponível no catálogo da marca.

Azul como a camisa da seleção italiana, cor é exclusiva da versão HGT Versão topo de linha HGT vem com câmbio automático e custa R$ 69.990

Versão topo de linha HGT vem com câmbio automático e custa R$ 69.990 (Christian Castanho/Quatro Rodas)

A Fiat decidiu eliminar a opção devido ao baixo desempenho nas vendas.

O hatch passa agora a ser oferecido somente com câmbio manual de cinco marchas nas versões com motor 1.0 e 1.3 Firefly. Já o 1.8 E.torQ segue gerenciado por um automático de seis marchas.

O mesmo ocorreu com o Mobi. O compacto de entrada também não oferece mais o câmbio GSR e agora só é comercializado em versões com câmbio manual acoplado ao motor 1.0 Firefly.

Fiat Mobi Drive 1.0 GSR era a única opção do modelo com câmbio que não fosse manual

Fiat Mobi Drive 1.0 GSR era a única opção do modelo com câmbio que não fosse manual (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Agora, o único modelo da marca com opção do câmbio automatizado GSR é o Fiat Cronos.

A faixa de preços de Argo e Mobi também variou com a chegada do ano novo. Argo 1.0 e Argo 1.0 Drive tiveram redução de R$ 600 e R$ 2.200 respectivamente, e passam a valer R$ 48.990 e R$ 51.390.

Compacto perdeu o título de carro mais barato do Brasil para o Renault Kwid

Compacto perdeu o título de carro mais barato do Brasil para o Renault Kwid (Divulgação/Fiat)

No entanto, outras versões receberam aumento na etiqueta. O Argo Drive 1.3 está R$ 1.000 mais caro e passou a custar R$ 55.690. Já o Argo Trekking registrou reajuste de R$ 1.500 na versão com motor 1.3 e de R$ 1.000 com propulsor 1.8.

Confira os reajustes e novos preços do Fiat Argo na tabela abaixo:

Modelo Preço Reajuste
Fiat Argo 1.0 R$ 48.990 R$ – 600
Fiat Argo Drive 1.0 R$ 51.390 R$ – 2.200
Fiat Argo Drive 1.3 R$ 55.690 R$ + 1.000
Fiat Argo Trekking 1.3 R$ 61.490 R$ + 1.500
Fiat Argo Trekking 1.8 AT R$ 69.990 R$ + 1.000
Fiat Argo Precision 1.8 AT R$ 63.990
Fiat Argo HGT 1.8 AT R$ 69.990

Quanto ao Mobi, os reajustes promovidos pela Fiat fizeram o compacto dividir com o Renault Kwid o título simbólico de carro 0 km mais barato do Brasil. Ambos partem de R$ 34.990..

Todas as versões do Mobi passaram por aumentos que variam de R$ 350 a R$ 2.000. Confira na tabela os novos preços e os reajustes:

Modelo Preço Reajuste
Fiat Mobi 1.0 Easy R$ 34.990 R$ + 2.000
Fiat Mobi 1.0 Easy Comfort R$ 39.340 R$ + 350
Fiat Mobi 1.0 Like R$ 43.690 R$ + 1.700
Fiat Mobi 1.0 Way R$ 43.840 R$ + 350
Fiat Mobi 1.0 Drive R$ 46.340 R$ + 350

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s