Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Fiat Argo 2022 segue Mobi e Strada e ganha motores mais fracos

As mudanças afetam todas as versões do veículo, incluindo as equipadas com motor 1.0

Por João Vitor Ferreira 2 fev 2022, 06h31

O motor 1.0 6V Firefly da Fiat não escapou de passar por ajustes para cumprir as exigências do Proconve L7. Assim como aconteceu com o motor 1.3 8V Firefly, e também com os 1.0 e 1.4 Fire, o 1.0 Firefly perdeu potência e torque, tanto com álcool quanto com gasolina.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Com essa mudança, o único modelo afetado será o Fiat Argo, mais precisamente as versões 1.0 e Drive 1.0.  Mas o Cronos também está em vias de ganhar este motor

Usando gasolina, o motor teve redução de 1 cv, passando a gerar 72 cv. Com etanol a redução foi de 2 cv, passando a ter 75 cv agora. O torque também diminuiu: são 10/10,7 kgfm (gasolina/etanol) na nova configuração, contra 10,4/10,9 kgfm de antes.

De acordo com as medições da própria Fiat, o consumo melhorou somente na estrada, onde o Argo faz agora 15,8/11 km/l (antes, eram 15,1 km/l/10,7 km/l) com gasolina e álcool, respectivamente.

Já em circuito urbano, houve uma diferença ínfima quando abastecido com gasolina, fazendo depois das mudanças 14,1/9,9 km/l (14,2/9,9 km/l).

Continua após a publicidade

Hatch fica com visual mais agradável com kit opcional
As versões S-Sesign e Trecking do Argo também sofreram com a perda de potência do motor 1.3, presente no Pulse e na Strada Fernando Pires/Quatro Rodas

Em nosso último teste com o motor na configuração antiga e usando gasolina, o Argo com motor 1.0 fez 14,1 km/l na cidade e 15,4 km/l na rodovia.

Assim como na Strada e no Pulse, as versões mais caras do Argo equipadas com o motor 1.3, também ficaram mais fracas. No geral, elas perderam 3/2 cv e 0,5/0,5 kgfm, passando a gerar 98 cv/107 cv e 13,2/13,7 kgfm na linha 2022. 

fiat argo
Ar-condicionado automático vem em pacote S Design Fernando Pires/Quatro Rodas

Em nosso teste, o consumo de combustível da versão S-Design 1.3 foi de 13 km/l em circuito urbano e 16,6 km/l no rodoviário, usando gasolina. Abastecido com etanol, a marca divulgou no lançamento um consumo de 9,2 km/l na cidade e 10,2 km/l na rodovia.

Com a atualização do motor, os números apresentados pela Fiat são de 13,1/9,1 km/l na cidade e 15/10,5 km/l na estrada.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Quatro Rodas 753 janeiro 2022 (1)
A edição 754 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês