Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Mais fraco e com mesmo preço, Fiat Pulse 1.3 pode acabar com Argo Trekking

Fiat Pulse estreia versão do motor 1.3 Firefly com 107 cv e menos torque, mas que tende a se tornar padrão em toda a linha a partir de 2022

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 20 out 2021, 18h05 - Publicado em 20 out 2021, 13h34

Lançado no início de 2019, o Fiat Argo Trekking ajudou o compacto a se tornar um carro mais aspiracional e vinha fazendo relativo sucesso. Mas o hatch aventureiro ficou em maus lençóis com o lançamento do Fiat Pulse.

Assine Quatro Rodas por apenas R$ 12,90

O Argo Trekking 1.3 custa a partir de R$ 78.990 e o Fiat Pulse parte dos R$ 79.990 na versão 1.3 manual. Ainda é mais equipado e tem mesma mecânica do Trekking de entrada.

Fiat Pulse 1.3 manual
Versão básica não tem nem mesmo maçanetas na cor da carroceria Divulgação/Fiat

Bem, quase a mesma. O Fiat Pulse 1.3, tanto com câmbio manual de cinco marchas quanto com o novo automático CVT (R$ 89.990), estreia uma nova configuração do motor 1.3 8V Firefly, com menos potência e torque. De acordo com a Fiat, a mudança foi feita pra que o motor se enquadre nas normas do Proconve L7.

“O novo Fiat Pulse foi projetado para atender às novas regulamentações de emissões que passarão a vigorar em 1º de janeiro de 2022. Por conta disso, o motor 1.3 Firefly passou por ajustes que alteraram alguns parâmetros de potência e torque”, diz o posicionamento oficial da fabricante.

argo trekking
Com a fusão ainda não se sabe quais projetos já em andamento receberiam a luz verde ou seria brecado para desenvolvimento compartilhado Divulgação/Fiat

Os ajustes foram feitos especialmente no mapa da injeção. Se um Argo 1.3 (e qualquer outro Fiat com este motor, como a Strada) entrega 109 cv com álcool e 101 cv com gasolina, no Pulse o motor 1.3 entrega 107 cv e 98 cv, respectivamente, na mesma faixa de rotação: 6.250 rpm.

O torque também caiu: antes eram 14,2 kgfm com álcool e 13,7 kgfm com gasolina, sempre a 3.500 rpm. Agora são 13,7 kgfm com álcool a 4.000 rpm e 13,2 kgfm a 4.250 rpm com gasolina. Ou seja, o torque está menor e o pico está em rotação mais alta. Em tese, o torque em baixas rotações era o forte deste motor.

argo trekking
Com rack de teto e suspensões elevadas, compacto ficou 4 cm mais alto nesta versão Divulgação/Fiat

Pode-se dizer que esta é uma desvantagem momentânea do Fiat Pulse. Se a Fiat quiser vender seus carros legalmente, terá que aplicar esta nova configuração do motor 1.3 Firefly no Argo, no Cronos e na Strada. E não custa lembrar que todos eles também receberão versões com câmbio automático CVT. Todos eles serão mais fracos.

Como fica o desempenho e consumo do Pulse 1.3?

Quatro Rodas ainda não teve contato, tampouco testou o Fiat Pulse com motor 1.3. A fabricante italiana quis destacar as versões com motor inédito, o 1.0 turbo de 130 cv, neste primeiro momento. Contudo, a Fiat divulgou números de consumo e desempenho usados para a homologação do seu SUV compacto. Abaixo, uma tabela comparando os números (também de fábrica) com Argo 1.3 e Argo Trekking 1.3.

Continua após a publicidade

Medição Pulse 1.3 MT Argo 1.3 MT Argo Trekking 1.3 MT
0 a 100 km/h (etanol) 11,7 s 10,8 s 10,8 s
0 a 100 km/h (gasolina) 12,2 s 11,8 s 11,8 s
Velocidade máxima (etanol) 178 km/h 184 km/h 184 km/h
Velocidade máxima (gasolina) 174 km/h 180 km/h 180 km/h
Consumo urbano (etanol) 9,1 km/l 9,2 km/l 9,2 km/l
Consumo urbano (gasolina) 12,6 km/l 12,9 km/l 12,9 km/l
Consumo rodoviário (etanol) 10,1 km/l 10,2 km/l 10,2 km/l
Consumo rodoviário (gasolina) 14,7 km/l 14,3 km/l 14,3 km/l
Fiat Pulse 1.3 cvt
Motor 1.3 Firefly foi reprogramado no Pulse Divulgação/Fiat

Vale considerar que o Fiat Pulse 1.3 tem câmbio com relações específicas. Sua relação de diferencial final foi encurtada, enquanto as quarta e quinta marchas foram alongadas. Desta forma, o câmbio do Pulse é mais curto da primeira à terceira marcha.

Fiat Pulse 1.3 MT Fiat Argo 1.3 MT
1ª – 4,273
2ª – 2,429
3ª – 1,520
4ª – 1,029
5ª – 0,756
Ré – 4,200
Diferencial – 4,699
1ª – 4,273
2ª – 2,316
3ª – 1,444
4ª – 1,029
5ª – 0,795
Ré – 4,200
Diferencial – 4,200

Fiat Pulse é bem mais equipado

Carro recém-lançado é uma beleza. Ainda não passou por corte nos pacotes de equipamentos ou aumento nos preços. E enquanto não há aumento, os preços são agressivos.

Fiat Pulse 1.3 manual
Interior do Pulse básico Divulgação/Fiat

O Argo Trekking custa R$ 1.000 mais barato que o Pulse, mas a versão básica tem rodas de aço aro 15 com calotas e o único pacote opcional, kit Trekking Plus (R$ 4.090) inclui rodas de liga leve aro 15 e câmera de ré.

Contudo, mesmo a versão de entrada do Fiat Pulse tem de série rodas aro 16, quatro airbags, ar-condicionado automático, faróis e lanternas de led, bloqueio eletrônico do diferencial dianteiro (TC+) e central multimídia maior e mais moderna: em vez de 7 polegadas, tem 8,4 e Android Auto e Apple Carplay sem fio.

Fiat Argo Trekking
Interior do Fiat Argo Trekking Divulgação/Fiat

A vantagem do Argo Trekking é ter faróis de neblina, item que só o Pulse topo de linha tem (assim como a direção com ajuste de profundidade.

A Fiat não assume a morte do Argo Trekking. Durante o lançamento do Pulse, disse que deixará a opção para que o consumidor faça sua escolha. Se o consumidor souber escolher, o Argo Trekking sairá de linha antes mesmo de receber o motor 1.3 mais fraco.

E como ficam os Argo Trekking 1.8?

Quem for ao configurador do site da Fiat verá que todos os Argo e Cronos com motores 1.0 e 1.3 já são 2021/2022. Mas os 1.8 ainda são modelo 2021. E o motivo é o mesmo que culminou na redução de potência no motor 1.3: o Proconve L7.

Fiat Argo Trekking 1.8 automático
Fiat Argo Trekking 1.8 automático Divulgação/Fiat

Hoje o motor 1.8 (139 cv e 19 kgfm) só é mantido em linha por conta da oferta do câmbio automático de seis marchas. A demanda de câmbio automático será suprida pelo lançamento do motor 1.3 com câmbio CVT no hatch e no sedã, conforme antecipado por Quatro Rodas. Mas os Argo Trekking 1.8 automático (R$ 93.290), assim como o Argo HGT automático (R$ 94.890) deixarão de fazer sentido. 

Será que vem um Argo HGT 1.0 turbo com 130 cv por aí?

Galeria de Fotos – Fiat Pulse 1.3 manual

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

capa
arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade