Clique e assine por apenas 8,90/mês

Estes carros não serão mostrados ao mundo por culpa do coronavírus

Após cancelamento do Salão de Genebra por conta do Covid-19, lançamentos que seriam mostrados pela primeira vez continuarão apenas nas fotos

Por Gabriel Aguiar - Atualizado em 3 mar 2020, 12h10 - Publicado em 3 mar 2020, 07h00
Divulgação/Alfa Romeo

O Salão de Genebra, na Suíça, deveria abrir as portas à imprensa na última segunda-feira (2).

Só que o país proibiu grandes eventos após casos de Coronavírus Covid-19. E, com isso, os carros que seriam mostrados pela primeira vez seguirão apenas nas fotos.

Os organizadores da mostra tentaram contornar o cancelamento com apresentações por vídeo em tempo real. Entretanto, os quase 700.000 visitantes previstos para os dez dias de público não poderão ver nenhum dos modelos de perto.

Veja os principais lançamentos que (quase) aconteceram em Genebra, mas ficaram restritos ao mundo virtual e não poderão ser contemplados ao vivo:

Alfa Romeo Giulia GTA

Divulgação/Alfa Romeo

Série especial será limitada a 500 unidades, mas ainda assim o Alfa Romeo Giulia Quadrifoglio GTA (sigla para Gran Turismo Alleggerita) e sua derivação ainda mais invocada, a GTAm, tinha tudo para ser um dos maiores destaques do Salão de Genebra.

Continua após a publicidade

Não apenas pelo visual incrementado com aerofólio traseiro (em fibra de carbono no GTAm), caixas de roda mais largas, suspensões recalibradas (e rebaixadas) e interior retrabalhado com novos materiais e bancos tipo concha.

O Giulia GTA tem um motor 2.9 V6 biturbo de 532 cv e pesa 100 kg a menos do que um Giulia Quadrifoglio comum. E, segundo a fábrica, vai de 0 a 100 km/h em apenas 3,6 segundos, números capazes de deixar qualquer esportivo alemão com inveja.

Audi A3 Sportback

Divulgação/Audi

O novo A3 Sportback mudou completamente – ainda que você já não reconheça tão bem as novidades visuais dos carros da marca. Com a plataforma MQB Evo, o hatch terá opções híbrida parcial e híbrida plug-in, mas nenhuma elétrica.

Também eram esperadas para Genebra as versões esportivas S3 e RS3, enquanto o A3 Sedan continua sem data oficial para lançamento. Em relação às mudanças, o A3 Sportback terá desenho inspirado, dentro e fora, no irmão menor A1.

BMW Série 4

Concept 4 serve de base para os futuros M3 e M4 divulgação/BMW

A próxima geração do BMW Série 4 deverá receber novidades importantes vindas do Série 3 – modelo que serve de base ao cupê –, como lista de equipamentos mais recheada, além de itens de segurança e tecnologias melhorados em relação ao atual.

Continua após a publicidade

Entretanto, é possível que o modelo receba a polêmica grade vertical antecipada no Concept 4. E, para desespero de alguns puristas da marca, é provável que a versão final mantenha o desenho do protótipo. Inclusive na parte dianteira.

Ferrari Roma

Divulgação/Ferrari

Mais recente lançamento da Ferrari, a nova Roma já havia sido revelada antes, mas faria a primeira aparição pública no Salão de Genebra. O fabricante diz que o visual é inspirado em esportivos de 1950 e 1960 – e parece um Aston Martin.

Divulgação/Ferrari

O modelo terá à disposição um motor V8 3.9 biturbo com 620 cv, sempre acoplado ao câmbio automatizado de dupla embreagem com oito marchas, capaz de chegar aos 100 km/h em 3,4 segundos e à velocidade máxima de 320 km/h.

Fiat 500e

Divulgação/Fiat

O Fiat 500 está aposentado no Brasil, mas já está confirmado para retornar ao país em 2020. E virá em grande estilo: apenas na configuração elétrica, que seria levada à Suíça nesta semana. Além do novo conjunto mecânico, todo o desenho foi atualizado.

Divulgação/Fiat

Se ainda dá para reconhecer as proporções do modelo anterior, a empresa garante que houve muitas mudanças estruturais para permitir a instalação das baterias de 40 kWh capazes de oferecer autonomia de até 240 km ao compacto.

Continua após a publicidade

Hyundai i20 e i30

Divulgação/Hyundai

O Hyundai i20 é o equivalente europeu ao nosso HB20. E, talvez por isso, a empresa repetiu o visual polêmico no hatch que seria apresentado em Genebra. Mas eles têm vantagem na mecânica: por lá, haverá opção híbrida parcial de 48V.

Divulgação/Hyundai

Os sul-coreanos também levariam à mostra o i30 reestilizado. Se essa geração nunca chegou às lojas brasileiras, na Europa, teve a primeira atualização. E, além do visual, o hatch ganhou novos itens de tecnologia e versão híbrida parcial.

Kia Sorento

Divulgação/Kia

O SUV mudou completamente e herda a identidade visual já incorporado a outros modelos da marca – como o Seltos, por exemplo. Por fora, além da já tradicional grade “Nariz de Tigre”, chama atenção o desenho das molduras das janelas laterais.

Divulgação/Kia

Na cabine, o Sorento oferece central multimídia com tela de 12,12 polegadas, assim como quadro de instrumentos digital com 12,3 polegadas. E ainda não há detalhes da motorização, mas é esperado o mesmo conjunto do Optima Hybrid.

Mercedes-Benz Classe E

Divulgação/Mercedes-Benz

O sedã reestilizado estrearia durante o Salão de Genebra com novidades no visual que distanciarão o modelo dos irmãos Classe C e Classe C. Na dianteira, o conjunto será inspirado no novo GLA, enquanto a traseira terá lanternas divididas.

Continua após a publicidade

Ainda não há detalhes do pacote de equipamentos – desde antes, o modelo já tinha sistema de condução semiautônoma – ou de motorizações. Mas é provável que haja novidades nas opções já existentes e novas versões híbridas parciais.

Porsche 911 Turbo

A geração 992 do Porsche está à venda desde 2019, mas, até agora, as configurações Turbo e Turbo S não haviam sido mostradas. E a estreia das opções mais poderosas estava marcado somente para essa semana, durante o Salão de Genebra.

De acordo com as especulações da imprensa internacional, ambas as versões terão como base o motor seis cilindros opostos 3.8 biturbo do 911 Carrera S. Entretanto, a potência deverá saltar dos 450 cv para cerca de 580 cv e até 650 cv.

Toyota SUV híbrido do Yaris

Divulgação/Toyota

Ainda não há nenhum nome para o SUV que terá como base o Toyota Yaris europeu – e que não tem nada a ver com o nosso. Mas o fabricante já confirmou que o modelo terá motorização híbrida e sistema de tração integral sob demanda.

Pelo porte, a novidade deverá ficar abaixo do C-HR. E, por enquanto, a única imagem divulgada revelou alguns detalhes do visual. Na traseira, por exemplo, há lanternas horizontais, placa na tampa e vidro traseiro com caimento suave.

Continua após a publicidade

VW Golf GTI/GTE/GTD e Tiguan reestilizado

Divulgação/Volkswagen

As versões esportivas do Golf foram reveladas todas ao mesmo tempo – e elas terão quase o mesmo visual, com exceção de detalhes. A versão GTI terá o mesmo motor de antes – a potência saltou a 245 cv, contra os 230 cv do antecessor.

O Tiguan também seguirá o estilo do hatch médio, com faróis espichados. Só que, diferentemente do Golf, o SUV terá grade maior e semelhante à atual. Entretanto, não há informações de mudanças mecânicas ou nos equipamentos.

Vagcars Italy/Reprodução
Publicidade