Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

E agora Taycan? Novo Porsche Panamera bate recorde do elétrico em circuito

O elétrico Taycan vem sendo o esportivo queridinho da Porsche, mas o Panamera parece que ficou "enciumado" e tratou de mostrar serviço

Por Eduardo Passos Atualizado em 25 jan 2021, 18h01 - Publicado em 25 jan 2021, 14h45
Porsche Panamera Turbo S 2021 volta em Road Atlanta
Foi essa bela unidade do Panamera que bateu o recorde do circuito, em novembro Reprodução/Porsche

Torque ótimo, aceleração insana e altas velocidades vêm fazendo a fama do Porsche Taycan frente aos esportivos a combustão. Mas o novo Panamera Turbo S mostrou que a briga segue dura.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

Isso porque o sedã foi até o circuito de Road Atlanta, onde a Porsche costuma testar seus esportivos nos EUA, e deixou o Taycan comendo poeira, com mais de 2 segundos de vantagem na pista. De quebra, o Panamera ainda registrou o recorde do circuito entre os carros produzidos em série.

 

A volta rápida foi gravada e divulgada pela Porsche nesse fim de semana, mostrando que o Panamera Turbo S não precisa de motores elétricos para acompanhar a evolução dos carros mais rápidos do mercado.

A façanha foi realizada pelo piloto americano Leh Keen, que já disputou as 24h de Le Mans e fez carreira no SportsCar: ele domou as duas toneladas do Panamera e completou os 4,1 km de Road Atlanta em 1min31s5; uma velocidade média de 161 km/h com máxima de 257 km/h.

Continua após a publicidade

Isso representa 2,4s a menos que o atingido por Keen quando teve à disposição o Taycan Turbo S, fazendo 1min33s888 na mesma pista, que fica em Braselton, Geórgia.

Porsche Panamera Turbo S 2021 volta em Road Atlanta visão interna
O interior do Panamera não foi alterado para a volta rápida Reprodução/Porsche

“Os engenheiros encontraram o equilíbrio perfeito. (…) A estabilidade me deu enorme confiança para usar cada pedaço de asfalto e zebras. Ainda assim o carro tem um comportamento completamente diferente — mais relaxado e refinado — na estrada. Uma combinação incrível”, destacou o piloto.

O novo Panamera Turbo S é impulsionado por motor V8 4.0 aliado a dois turbocompressores e conectado ao câmbio PDK de oito velocidades, com tração integral. 

Porsche Panamera 2021 (10)
Que tal bater recordes em circuitos enquanto dirige nesse confortável interior? Divulgação/Porsche

Ao todo são 620 cv de potência e torque máximo de 83,5 kgfm. Nada mal para um veículo que, em seu interior, oferece conforto e luxo à altura de seus R$ 972.000, cobrados na pré-venda.

Porsche Panamera 2021 (6)
As entregas do novo Panamera começam, lá fora, no segundo trimestre Divulgação/Porsche

Se consumo de combustível for uma preocupação, a Porsche oferece a versão híbrida Panamera 4 E-Hybrid, que une motor elétrico de 136 cv ao V6 2.9 de 440 cv. Em seu teste nos EUA o Turbo S passou longe de ‘beber’ muito, e cravou cerca de 9,2 km/l, de acordo com a montadora.

Recordista

O 911 GTS usa o motor do Turbo S, mas com mudanças para render 700 cv
O recorde geral de Road America ainda é do 911 GT2 RS, com 1s4 de margem Divulgação/Porsche

Com essa volta, o Panamera Turbo S é o novo ‘pole position’ de Road America entre os carros de linha. Acima dele, há apenas os Corvette Z06 e ZR1 e os Porsche 911 GT3 RS e 911 GT2 RS (991), que lidera com tempo de 1min24s88.

O sedã alemão roubou a liderança dos carros produzidos em série justamente do Taycan. Essa briga familiar promete novos capítulos.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Quatro Rodas capa 741
arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade