Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Porsche Taycan “básico” chega ao Brasil com até 380 cv e tração traseira

Versão de entrada tem apenas um motor e opções de potência entre 326 cv e 380 cv. Autonomia chega a 484 km e modelo vai de 0 a 100 km/h em 5,4 segundos

Por Igor Macario Atualizado em 14 Maio 2021, 18h07 - Publicado em 21 jan 2021, 13h49
dianteira do taycan
Por fora, apenas rodas menores identificam versão de entrada Divulgação/Porsche

A Porsche revelou uma nova versão “básica” do Taycan. A quarta variante do modelo elétrico não tem sobrenome e se junta aos Taycan 4S, Turbo e Turbo S. A principal diferença está em ter apenas um motor elétrico, instalado na traseira, mas tem dois níveis de potência – cada um com suas vantagens e desvantagens.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

Assim, o novo modelo mais simples tem sempre tração traseira, enquanto os demais, com motor também no eixo dianteiro têm tração integral. A opção mais em conta tem também bateria menor e 326 cv. Como opcional, o Taycan básico pode receber o pacote Performance Plus, que eleva a autonomia e a potência para 380 cv.

traseira do taycan
Divulgação/Porsche

Sem o pacote, a versão com 326 cv pode rodar até 431 km por recarga. A mais forte, de 380 cv, chega aos 484 km de autonomia máxima. Curiosamente, o desempenho é igual para as duas configurações, a despeito da diferença de potência. O Porsche Taycan acelera de 0 a 100 km/h em 5,4 segundos e chega aos 230 km/h de velocidade máxima.

Há ainda uma função overboost, que eleva a potência para 408 cv ou 476 cv dependendo da variante. Ela é acionada pelo controle de largada ou quando o motorista pisa até o fundo no acelerador. O câmbio mantém as duas marchas dos demais modelos mais potentes.

painel do taycan
Divulgação/Porsche
Continua após a publicidade

Segundo a marca, as duas variantes da versão básica podem ser carregadas de 5% a 80% em 22,5 minutos plugado a um carregador de alta velocidade. O mais simples dos Taycan pode ser recarregado a até 225 kW e a Performance Plus a até 270 kW.

Por fora, as diferenças visuais estão nas rodas, menores, de 19 polegadas. As pinças de freio são pretas, mas podem ser coloridas opcionalmente. O restante é igual ao Taycan 4S. Difusores traseiro e laterais são também pretos, e há lanternas traseiras de LED, com o característico filete atravessando a traseira. Os faróis também são de LED.

carregador do taycan
Divulgação/Porsche

A cabine é mais simples, com bancos apenas parcialmente de couro. No entanto, há ajustes elétricos para motorista e passageiro. Segundo a Porsche, o Taycan leva 407 litros de bagagem no porta-malas traseiro e 84 litros no dianteiro.

Como opcional, o Taycan também pode receber suspensão a ar inteligente. O sistema pode aprender onde o motorista costuma levantar sua altura frequente, em saídas de garagens ou lombadas.

taycan
Divulgação/Porsche

A versão já pode ser encomendada no Brasil a partir ainda de janeiro. Os preços partem de R$ 589.000 para a variante com 326 cv. Segundo a Porsche, o valor inclui a instalação de um carregador na casa do comprador.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Quatro Rodas capa 741
arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade