Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Confira quais são as picapes mais econômicas do Brasil em 2023

Baseados nos nossos testes, ranqueamos as picapes a gasolina e diesel mais econômicas do mercado nacional

Por João Vitor Ferreira
Atualizado em 18 ago 2023, 10h12 - Publicado em 18 ago 2023, 04h00

O segmento das picapes segue mais aquecido do que nunca no Brasil. Nos últimos meses tivemos lançamentos como a nova Chevrolet Montana e a Ford Maverick Hybrid, que chegam para disputar mercado com a já estabelecida Fiat Toro, além de modelos maiores como a Ford F-150 e a Ram 1500 Limited.

Com tanta oferta no mercado, detalhes como o consumo são primordiais na hora de escolher qual modelo você vai levar para casa. Por isso, com base em nossos testes, separamos aqui os três modelos mais econômicos à venda no Brasil, separados por motores a gasolina ou flex e diesel.

Antes de irmos para os vencedores, é necessário algumas explicações; Consideramos apenas o teste com a Fiat Strada Ranch CVT, já que não testamos nenhuma Strada com câmbio manual desde que as novas normas do Proconve L7 entraram em vigor, em janeiro de 2022.

No caso dos modelos a diesel, levamos em consideração todos os testes feitos a partir de 2020. Com tudo explicado, vamos aos vencedores.

Picapes mais econômicas a gasolina;

3 – Chevrolet Montana Premier Turbo AT- 11,3 km/l (urb) 14,9 km/l (rod)

Chevrolet Montana Premier
Chevrolet Montana Premier (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Uma das estreantes, a Chevrolet Montana cresceu para ser uma concorrente direta da Fiat Toro. E se nas vendas a picape da Fiat ainda é soberana, pelo menos em questão de consumo a Chevrolet sai na frente.

Em nossos testes, a versão Premier equipada com o motor 1.2 turbo de até 133 cv e 21,4 kgfm e câmbio automático de seis marchas — mesma mecânica do SUV Tracker — teve médias de 11,3 km/l em regime urbano e 14,9 no rodoviário usando gasolina.

Continua após a publicidade

Mas suas virtudes vão além. No comparativo com Toro e Renault Oroch, a novata deixou as veteranas para trás, por ser mais rápida e também mais ágil. O que mais chama atenção é a sua direção leve, o que a aproxima de um SUV compacto.

2 – Fiat Strada Ranch 1.3 CVT – 12,1 km/l (urb); 16,0 km/l (rod)

Fiat Strada CVT
(Fernando Pires/Quatro Rodas)

A Fiat Strada nem precisou do câmbio CVT para se tornar a queridinha do Brasil. É soberana no mercado nacional desde quando só tinha câmbio manual, sendo o veículo mais vendido em 2021. No ano seguinte veio a versão Ranch com transmissão automática e o sucesso se repetiu.

Com a mecânica que une o motor 1.3 de até 107 cv e 13,7 kgfm ao câmbio CVT, a picape compacta teve médias de 12,1 km/l (urb) e 16 km/l (rod) em nossa pista de testes, números não muito diferentes da versão manual, que repete o boa economia.

Continua após a publicidade

As Strada Ranch e Ultra 2024, com motor 1.0 turbo de 130 cv, que já é usado no Pulse, Fastback e Peugeot 208, acoplado ao mesmo câmbio CVT, podem não desbancar a 1.3 em nosso teste. No Inmetro, a Strada Turbo gasta mais combustível.

1 – Ford Maverick Hybrid Lariat – 18,9 km/l (urb); 16,3 km/l (rod)

Ford Maverick Hybrid Lariat testada por QUATRO RODAS
Ford Maverick Hybrid Lariat (Fernando Pires/Quatro Rodas)

A Ford Maverick chegou ao Brasil no ano passado com pinta de quem ia roubar a cena. Mas o preço alto impossibilitou que a picape intermediária tivesse bons números de venda. A nova versão híbrida pode mudar sua sorte.

Compartilhe essa matéria via:

Lançada em maio, a Maverick Hybrid tem o mesmo motor 2.5 de 165 cv e 21,4 kgfm do antigo Ford Fusion. Mas aqui ele aparece aliado a um motor elétrico para totalizar 194 cv.

A eletrificação ajuda não só a dar aquele fôlego a mais nas retomadas, como também a melhorar — e muito — o consumo. Em nossos testes, a Maverick Hybrid foi a melhor picape a gasolina testada, fazendo incríveis 18,9 km/l na cidade e 16,3 na estrada. Note que o consumo urbano é maior, mais um benefício do motor elétrico, que traciona o carro sozinho em baixas velocidades.

Continua após a publicidade

Picapes mais econômicas a diesel

3 – Chevrolet S10 High Country – 9,3 km/l (urb) 12,3 (rod)

Chevrolet S10 High Country 2022
Chevrolet S10 High Country (Divulgação/Chevrolet)

A Chevrolet S10 é equipada com motor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 52 kgfm de torque em todas as versões há alguns anos, mas permanece como uma das mais econômicas.

Na versão High Country, além do motor 2.8, a picape também traz transmissão automática de seis marchas e tração integral. Com essa configuração a picape teve médias de 9,3 km/l (urb) e 12,3 (rod).

2- Toyota Hilux 2.8 SRX 2020 – 10,2 km/l (urb) 11,9 (rod)

Toyota Hilux SRX Limited
(Divulgação/Toyota)

A Toyota Hilux é a picape média mais vendida do Brasil e fez boas mudanças para isso. Começando pelo interior, que ficou mais moderno com a troca da central multimídia em 2021, passando então a ser compatível com Android Auto e Apple CarPlay.

Continua após a publicidade

Mas foi na mecânica que as mudanças foram mais interessantes. Seu motor 2.8 turbodiesel foi de 177cv para 204 cv e o torque chegou em 50,4 kgfm. Ela não só ficou mais rápida, como mais econômica chegando a 10,2 km/l na cidade e 11,9 na estrada, números surpreendentes apesar do câmbio automático de seis marchas com trocas bem lentas.

1 – Toro Ranch Diesel 2021 – 11,3 km/l (urb) 14,3 km/l (rod)

Toro Ranch
Toro Ranch (Fernando Pires/Quatro Rodas)

No meio de tantas grandalhonas, era de se esperar que a menor e mais leve levasse a vitória com certa folga. A Toro Ranch tem motor 2.0 turbodiesel de 170 cv e 35,7 kgfm, o mesmo do Jeep Compass, sempre com câmbio automático de 9 marchas.

Mesmo que o conjunto não seja dos mais pujantes, ele é forte o suficiente para fazer a picape carregar até uma tonelada. Também não decepciona quando o assunto é economia, tendo médias de 11,3 km/l na cidade e bons 14,3 km/l rodoviária, um pouco a menos que a Montana, terceira colocada entre as picapes a gasolina

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.