Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Fiat Strada 2024 tem motor turbo e novo estilo inspirado em Toro e Pulse

Com 1.0 turbo flex de 130 cv e nova dianteira, Fiat Strada chega à linha 2024 com versão inédita, interior mais refinado e preço de R$ 132.990

Por Eduardo Passos, de Florianópolis (SC)
Atualizado em 10 ago 2023, 15h06 - Publicado em 10 ago 2023, 15h01

Quando a atual geração da Fiat Strada foi lançada em 2020, a picape compacta já era um sucesso de vendas, mas passava longe de almejar a liderança no mercado. O êxito, entretanto, se tornou absoluto e, desde então, ela é rotineiramente o veículo mais vendido do Brasil.

É claro que a leitura de mercado influenciaria a concorrência, que, a exemplo da nova Chevrolet Montana, respondeu com opções mais espaçosas e com motor turbo. Em tréplica, a Fiat Strada 2024 chega às lojas com uma solução para a questão mecânica enquanto compensa o espaço inalterado com mais estilo e conforto.

Fiat Strada Ranch (foto) são praticamente iguais no visual externo e idênticas na lista de equipamentos e preço: R$ 132.990
Fiat Strada Ranch (foto) são praticamente iguais no visual externo e idênticas na lista de equipamentos e preço: R$ 132.990 (Divulgação/Fiat)

Motor turbo

A grande novidade da linha 2024 é a introdução do motor 1.0 turbo flex, que havia sido adiantada por QUATRO RODAS no ano passado. O três cilindros estreou no Fiat Pulse e, atualmente, já equipa também o Fiat Fastback, com planos para, em breve, também ser ofertado nos Peugeot 208 e 2008.

Picape agora oferece o 1.0 mais potente do Brasil
Picape agora oferece o 1.0 mais potente do Brasil (Divulgação/Fiat)

A demanda por produção em larga escala na planta de Betim (MG) reduz custos. Ao mesmo tempo, o fato de ser o 1.0 mais potente do Brasil agrada a quase todos, afinal de contas uma Strada com 130 cv e 20,4 kgfm cobre tranquilamente todas as faixas de operação nas quais o 1.3 aspirado deixa a desejar.

Preços e versões da Fiat Strada 2024

Fiat Strada Endurance Cabine Simples 1.3 MT: R$ 100.990
Fiat Strada Freedom Cabine Simples 1.3 MT: R$ 106.990
Fiat Strada Freedom Cabine Dupla 1.3 MT: R$ 112.990
Fiat Strada Volcano Cabine Dupla 1.3 MT: R$ 114.990
Fiat Strada Volcano Cabine Dupla 1.3 CVT: R$ 120.990
Fiat Strada Ranch Cabine Dupla 1.0 Turbo CVT: R$ 132.990
Fiat Strada Ultra Cabine Dupla 1.0 Turbo CVT: R$ 132.990

Continua após a publicidade
Traseira segue praticamente inalterada
Traseira segue praticamente inalterada (Divulgação/Fiat)

Isso fica claro nos números de fábrica: a Strada turbinada vai de 0 a 100 km/h em 9,5 s, contra 11,2 s dos modelos aspirados. Mas a evolução é ainda mais notável ao volante, sendo perceptível o ganho nas retomadas em médias e altas velocidades. O câmbio CVT não é novidade, mas as sete marchas são melhor aproveitadas na nova configuração, permitindo desenvolvimento bem escalonado do carro e a manutenção de altas velocidades sem giros altos e muito barulho.

Novo motor tornou o carro mais rápido e beberrão
Novo motor tornou o carro mais rápido e beberrão (Divulgação/Fiat)

Mesmo assim, o consumo aumentou ligeiramente: segundo dados do Inmetro, com gasolina, a Strada 1.3 fazia 14,2 km/l (rodoviário) e 13,1 km/l (urbano). Já as versões inéditas marcam 13,2 km/l (rodoviário) e 12,1 km/l (urbano).

Fiat Strada Ultra 2024
(Divulgação/Fiat)

É justo frisar que é uma diferença pequena, que doerá pouco no bolso do comprador. Afinal de contas, o motor 1.0 turbo é exclusivo das duas versões de topo, as Fiat Strada Ranch e Fiat Strada Ultra, ambas vendidas por R$ 132.990 (preço estrategicamente posicionado entre as versões manuais e automáticas da Montana).

Estilo renovado

Só as duas também trazem a dianteira renovada. A Strada Ultra é uma adição à família da picape compacta, repetindo a versão que já existia na Fiat Toro. Não à toa, também vem da caminhonete maior a grade dianteira com padrão hexagonal, que destaca mais as novas entradas de ar, ligeiramente ampliadas.

Visual da nova Strada tem duas inspirações diretas
Visual da nova Strada tem duas inspirações diretas (Divulgação/Fiat)

O para-choque é totalmente novo, e ainda traz nichos dos faróis de neblina bem parecidos com os do Pulse. Ainda que as dimensões da carroceria sejam praticamente as mesmas, o diretor de marketing da Fiat, Hugo Domingues, destaca que o formato mais quadrado dá uma impressão da Strada ser maior, o que é corroborado ao vê-la pessoalmente.

Continua após a publicidade
Fiat Toro 3/4 de frente
Ideia da grade dianteira veio da Fiat Toro Ultra (Divulgação/Fiat)
Pulse
Nichos dos faróis de neblina são quase idênticos ao do Fiat Pulse (Fernando Pires/Quatro Rodas)

A Strada Ranch já tinha assumido o topo de linha no final de 2021, estreando o CVT e trazendo acabamento ligeiramente melhor, com estética off-road. Agora ela ganha o mesmo visual da Ultra, com mudança perceptível só na faixa colorida na base da grade e nas rodas de aro 16, com um design exclusivo para cada versão.

Versões Ultra e Ranch têm rodas exclusivas para cada uma
Versões Ultra e Ranch têm rodas exclusivas para cada uma (Divulgação/Fiat)

Mas as novidades cessam aí: lateral e traseira da Strada seguem idênticos e, por trás, só é possível notar o “veneno” do modelo turbinado pelos emblemas que identificam a versão e a presença do novo propulsor.

Interior incrementado

A picape da Fiat também evoluiu por dentro, onde desagradava pelo excesso de plásticos duros e de acabamento pouco refinado. As portas da Strada Ultra, por exemplo, ganharam revestimento parcial em material que imita couro e que contrasta com as costuras vermelhas do tecido. 

Painel da Strada Ultra
Painel da Strada Ultra (Divulgação/Fiat)

A mesma estratégia é adotada nos bancos, que estão mais confortáveis e, principalmente, mais largos na região dos ombros, além de contar com apoio de braço para o motorista — presente na Ranch desde seu lançamento.

Painel da Strada Ranch
Painel da Strada Ranch (Divulgação/Fiat)

 O volante é o mesmo de Pulse e companhia, com empunhadura mais confortável e que realça a direção elétrica recalibrada, com comandos mais precisos e diretos. Ele também traz borboletas para trocas sequenciais além do botão Sport, que faz a transmissão priorizar rotações mais altas e deixa o carro ligeiramente empolgante em termos de aceleração.

Continua após a publicidade
Bancos das versões mais caras têm evolução no conforto e tecido que imita couro
Bancos das versões mais caras têm evolução no conforto e tecido que imita couro (Divulgação/Fiat)
Decoração da versão Ranch é mais chamativa
Decoração da versão Ranch é mais chamativa (Divulgação/Fiat)

Por outro lado, o espaço para teclas que não foram utilizadas lembram que o controle de cruzeiro segue inexistente. Em termos tecnológicos, também faltou evolução à central multimídia de 7” — com imagem e tamanho medianos — e ao quadro de instrumentos analógico, que pelo menos traz computador de bordo útil.

Volante veio de modelos mais caros
Volante veio de modelos mais caros (Divulgação/Fiat)

Um veículo melhor em geral

Em movimento, é notável o trabalho no conjunto de suspensão, que foi profundamente alterado para lidar com potência e torque extras, além do maior peso do motor 1.0. 

Ao contrário da central multimídia, ar digital é novidade
Ao contrário da central multimídia, ar digital é novidade (Divulgação/Fiat)

O que logo faz diferença são os batentes hidráulicos dos amortecedores dianteiros, que impedem os baques secos ao cruzar uma lombada em alta velocidade. O fato de termos a Strada em Longa Duração também dá margem para ver a evolução da traseira, que mantém os feixes de mola mas está menos “solta” e se comportando de maneira parecida à de um carro de passeio.

Suspensão foi retrabalhada para incrementar conforto sem perder capacidade de carga
Suspensão foi retrabalhada para incrementar conforto sem perder capacidade de carga (Divulgação/Fiat)

Com os mesmo 650 kg de capacidade carga na caçamba, foi possível manter as virtudes de trabalho ao mesmo tempo que a caminhonete está mais “assentada” e confortável. Mas há deficiências que são inerentes à atual geração, e aí não há trabalho de engenharia que resolva. 

Espaço traseiro é ponto crítico da picape
Espaço traseiro é ponto crítico da picape (Divulgação/Fiat)

Nada é tão incômodo na Strada quanto o espaço interno: um ocupante com mais de 1,80 m já raspará os joelhos no porta-luvas ao andar na carona dianteira, por mais que chegue o banco o mais para trás possível.

Continua após a publicidade
Fiat Strada turbinada tem preço estratégico: bem entre as Chevrolet Montana manuais e automáticas
Fiat Strada turbinada tem preço estratégico: bem entre as Chevrolet Montana manuais e automáticas (Divulgação/Fiat)

Na segunda fileira a situação é ainda mais crítica, e é quase impossível levar três adultos com conforto mínimo. Mesmo se houver apenas dois passageiros, as pernas irão apertadas e o apoio de braço atrapalhará o acesso à segunda entrada USB do veículo.

Se a questão espacial é cara ao comprador, as opções incluem pular o muro e recorrer à Montana ou inteirar mais R$ 14.000 e adquirir a Fiat Toro Endurance, de entrada. Por outro lado, o automóvel mais vendido do Brasil, em termos de equipamento e performance, passa a dever muito pouco ao “SUV com caçamba” da Chevrolet, e está melhor do que nunca.

Em busca de manter a liderança, Fiat Strada está mais preparada do que nunca
Em busca de manter a liderança, Fiat Strada está mais preparada do que nunca (Divulgação/Fiat)

Considerando o índice de acerto das leituras de mercado da Stellantis, é provável que a Fiat Strada 2024 siga um best seller, inclusive reforçando a migração de consumidores que nunca pensaram ter, numa caminhonete, a escolha ideal.

Ficha técnica da Fiat Strada Ultra 2024


Preço:
R$ 132.990
Motor:
flex, dianteiro, transversal, 3 cilindros, 12 V, 999 cm³, 125/130 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol), 20,4 kgfm a 1.750 rpm (G/E)
Câmbio: automático CVT, 7 marchas simuladas, tração dianteira
Direção: elétrica, 10,8 m (diâmetro de giro)
Suspensão: ind. McPherson (diant.), eixo rígido com feixe de molas (tras.)
Freios: disco ventilado (diant.), tambor (tras.)
Pneus: 205/55 R16 ATR
Peso: 1.253 kg
Dimensões: comprimento, 444,8 cm; largura, 178,1 cm; altura, 160,1 cm; entre-eixos, 273,7 cm; caçamba, 844 litros; capacidade de carga, 650 kg

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.