Clique e assine por apenas 6,90/mês

Chevrolet Onix e Prisma terão motor turbo flex em nova geração

Segunda geração da família de compactos mais vendida do Brasil está quase pronta para o lançamento

Por Henrique Rodriguez - 4 out 2018, 16h31
Nova geração do Onix será baseada em uma nova plataforma global Du Oliveira/Quatro Rodas

A próxima geração dos Chevrolet Onix e Prisma já está rodando em testes no Brasil.

A previsão inicial era de que esses modelos chegassem ao mercado somente no fim de 2019, como linha 2020. Mas os carros já estão na fase final de desenvolvimento, podendo ser lançados já no início do ano que vem.

Dias antes do fechamento desta edição recebemos flagra revelador. Ele mostra o hatchback e foi feito pelo leitor Érico Policastro nas imediações do campo de provas da GM, em Indaiatuba (SP).

Novo design representa uma evolução da atual linguagem da marca, iniciada com o Malibu Du Oliveira/Quatro Rodas

Como se pode ver na foto acima, o carros está pronto, exibindo até as lanternas com as lentes definitivas, o que facilitou o trabalho do designer Du Oliveira, autor das projeções mostradas aqui.

Continua após a publicidade

Onix e Prisma serão os primeiros modelos da nova geração a chegar. Depois virão os outros integrantes da família: o sedã Cobalt e a minivan Spin. A Spin deverá ser a última da fila, uma vez que acabou de passar por reestilização.

Onix já roda com carroceria definitiva Érico Policastro/Quatro Rodas

Haverá ainda um SUV de médio porte, que pode estrear antes mesmo da minivan. Até agora, porém, esse SUV é um segredo bem guardado. A nova geração tem como principal ponto em comum a plataforma GEM (Global Emerging Markets), desenvolvida pela GM em parceria com a chinesa SAIC.

Como o nome diz, essa plataforma foi desenvolvida para os mercados emergentes, incluindo países da América Latina, da Ásia e da África.

O Prisma ficará maior com a nova plataforma Du Oliveira/Quatro Rodas

O primeiro modelo a usar essa base foi o Buick Excelle, lançado na China em maio deste ano. O Excelle é um sedã maior que o nosso Prisma atual. Ele tem 4,47 m de comprimento e 2,61 m de distância entre-eixos, enquanto o Prisma mede 4,28 m e 2,52 m, respectivamente.

Continua após a publicidade

Novos motores a caminho

O Buick foi apresentado em versões equipadas com motor 1.0 turbo de 136 cv e 1.3 aspirado de 107 cv, com transmissão manual de seis marchas ou automática do tipo CVT, que poderão estar nos modelos nacionais.

próximos lançamentos plataforma GEM
Apresentação mostra os planos globais da GM para a plataforma GEM Reprodução/Chevrolet

A duplicação da fábrica de motores de Joinville é fundamental para estes planos. No Brasil, a General Motors trabalha em novos motores 1.0 e 1.0 turbo três cilindros com injeção direta flex.

A versão turbo será usada em modelos maiores, como o novo SUV compacto. Em Onix e Prisma, será usado nas inéditas versões topo de linha Premier, que tendem a substituir as atuais LTZ. 

O 1.0 aspirado, também de três cilindros, é uma solução brasileira: será trocado por um quatro cilindros 1.2 aspirado a gasolina em outros mercados do Mercosul. 

Publicidade