Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Carros da Ford poderão “infernizar” a vida de quem atrasar as parcelas

Som perturbador, temperatura máxima no ar-condicionado e limitações de rodagem pressionariam o devedor

Por Fernando Pedroso
2 mar 2023, 17h57

A Ford registrou nos Estados Unidos a patente de um sistema que se aproveitaria das novas tecnologias para benefício do bolso da própria fábrica. Ele pressionaria o dono do carro que deixou de pagar algumas parcelas e quitar suas dívidas. E os métodos são bem incomuns.

Utilizando o recurso de geofencing, por exemplo, a marca criou um mecanismo capaz de cercar uma área onde o motorista poderia circular. O carro simplesmente não viraria em uma rua que o levasse para fora desse limite. A Ford diz no pedido de registro que poderia comandar o sistema de áudio para “emitir um som incessante e desagradável toda vez que o proprietário estiver presente no veículo”, por exemplo, ou desabilitar outros recursos importantes, como o controle de temperatura.

Câmeras e sensores seriam usados pelo banco para localizar o veículo caso haja a necessidade de uma reintegração de posse forçada. Em casos extremos, os veículos com condução autônoma até poderiam seguir para o pátio de apreensão mais próximo. Sozinhos.

Continua após a publicidade

Mas a Ford não quer ser tão malvada assim e colocou uma ponderação no pedido que é, caso o proprietário passe mal por causa da falta de ar-condicionado ou pela limitação geográfica, a fábrica mandaria uma ambulância para salvá-lo.

Ações remotas em carros de inadimplentes não são bem uma novidade e podem esbarrar em questões éticas e de segurança. Em janeiro do ano passado, uma empresária teve seu carro alugado bloqueado enquanto estava em movimento por uma locadora, que alegou inadimplência da cliente.

“Consegui com muito custo jogar o carro no acostamento pois o volante estava bem “duro”, assim como o freio. Quando liguei para a assistência 24hrs, eles relataram que não era uma pane, e sim um BLOQUEIO remoto, pois o carro estava em apropriação indébita por inadimplência e portanto não iam prestar socorro”, afirma em seu relato no Linkedin.

A locadora, na ocasião, suspendeu o uso desse tipo de bloqueios.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.