Bugatti Chiron é revelado com 1.500 cv de potência

Superesportivo chega com visual inspirado no conceito Vision Gran Turismo e motor W16 8.0 que o leva à velocidade máxima de 420 km/h

Bugatti ChironBugatti Chiron reinterpreta o Veyron com traços futuristas

Bugatti Chiron reinterpreta o Veyron com traços futuristas (Divulgação/Bugatti)

O sucessor do Bugatti Veyron enfim foi revelado. Classificado pela marca como o carro de rua mais potente já produzido no mundo, o novo Chiron terá apenas 500 unidades produzidas, sendo que 150 destas já foram vendidas pela bagatela de R$ 10,4 milhões cada. Fabricado na França, o superesportivo terá suas primeiras unidades entregues, na Europa, no próximo mês de outubro. 

Bugatti ChironDestaque da traseira, a lanterna parece flutuar

Destaque da traseira, a lanterna parece flutuar (Divulgação/Bugatti)

Como já era previsto, o visual do Chiron teve como inspiração o conceito Vision Gran Turismo, de 2015. Os faróis são compostos por oito blocos de leds (quatro em cada peça) e o para-choque dianteiro tem grandes aberturas, além da tradicional grade central da Bugatti. Atrás, a lanterna é representada por uma barra iluminada por leds que parece flutuar na porção traseira, quase que integralmente ocupada por grandes saídas de ar. O vidro traseiro é dividido em dois, são quatro saídas de escape e as rodas têm 20 polegadas. O arco lateral, porém, é a principal identidade visual do Chiron.

Bugatti ChironMarca do Chiron, os arcos laterais são heranças do conceito Vision Gran Turismo

Marca do Chiron, os arcos laterais são heranças do conceito Vision Gran Turismo (/)

Assim como o exterior, o interior do superesportivo mostra uma grande evolução em relação ao Veyron, adotando desenho minimalista, com visual limpo. O console central suspenso abriga os comandos do ar-condicionado, enquanto equipamentos como central multimídia e navegador GPS estão alocados no quatro de instrumentos e o volante abriga o botão de partida do motor e o seletor de modos de condução. O acabamento mescla couro, alumínio e fibra de carbono. Já a iluminação mistura azul e roxo. O destaque fica para o arco central iluminado no teto, que repete as linhas laterais externas do Chiron.

Bugatti ChironInterior mescla visual minimalista e acabamentos de alta qualidade

Interior mescla visual minimalista e acabamentos de alta qualidade (Divulgação/Bugatti)

Apesar de o presidente da Bugatti, Wolfgang Dürheimer, afirmar que o Chiron reutiliza poucos componentes do Veyron, o novo é feito sobre a mesma base do antigo, porém com modificações estruturais suficientes para suportar as novas especificações. O motor W16 8.0 é dotado de nada menos que quatro turbinas que funcionam em dois estágios: apenas duas ou as quatro. Com as modificações, que incluem turbinas maiores, intercooler revisado e sistema de escape de titânio, o motor agora entrega 1.500 cv de potência e 163,15 mkgf de torque. 

Em conjunto com tração integral e transmissão automática de dupla embreagem de sete velocidades, o Chiron promete ir de 0 a 100 km/h em 2,5 segundos, de 0 a 200 km/h em 6,5 segundos e de 0 a 300 km/h em 13,6 km/s. A velocidade máxima é de 420 km/h.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s