Agora, CEO da FCA descarta fusões

Sergio Marchionne não voltará a negociar com a GM

mercado mercado

mercado (/)

Depois de meses e meses de especulação, a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) parece ter desistido de chacoalhar a indústria automotiva global. Em matéria publicada nesta quarta-feira (15) pelo The New York Times, Sergio Marchionne, o CEO da companhia, afirmou que parou de procurar por uma parceira para concretizar uma fusão.

“Fui golpeado uma vez e não vou voltar com o nariz sangrando para uma segunda tentativa”, disse o executivo ao ser questionado sobre a hipótese de contatar novamente a CEO da General Motors, Mary Barra, que vetou qualquer conversa sobre uma eventual fusão entre as empresas. Marchionne também frisou que deixou de procurar ativamente por outra parceria.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s