Abraciclo: volume de negócios estável em 2014

Previsão é de que sejam produzidas 1.670.000 unidades neste ano

Yamaha lança YS150 Fazer por R$ 7.390,00 Yamaha lança YS150 Fazer por R$ 7.390,00

Yamaha lança YS150 Fazer por R$ 7.390,00 (/)

O ano de 2013 não foi dos melhores para o segmento das duas rodas, e 2014, que acabou de começar, promete ser um ano de desafios para as fabricantes de motocicletas presentes no mercado brasileiro.

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), prevê estabilidade no volume de negócios em 2014, ficando praticamente similar ao ano passado. Com isso, a produção de motocicletas deve ficar em torno de 1.670.000 unidades, ante 1.669.370 unidades fabricadas em 2013, o que representaria uma retração de 1,2% em relação a 2012 (1.690.187 unidades).

Segundo os dados divulgados pela Abraciclo, os emplacamentos devem atingir 1.515.000 unidades em 2014, volume praticamente igual ao de 2013 (1.515.571 unidades). As vendas no atacado, que chegaram a 1.587.239 motocicletas em 2013, representando uma queda de 2,4% em relação a 2012 (1.625.446 unidades), devem totalizar 1.585.000 unidades em neste ano.

“Nossa perspectiva para 2014 é de estabilidade nos negócios, sem grandes mudanças no cenário em relação a 2013, que prosseguiu com a seletividade de crédito e retração da atividade econômica” afirmou Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo. “A Copa do Mundo estimula o consumo de outros produtos, como televisores, o que exigirá mais empenho e ações para atrair os consumidores de veículos de duas rodas”, completou.

O volume de exportações de motocicletas também se manteve estável no ano passado, com 105.819 unidades, registrando um aumento de apenas 0,6% em comparação a 2012. Para 2014, a expectativa da Abraciclo é que as exportações cheguem a 110.000 unidades.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s