Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Nova bateria para start-stop pode durar mais e ser à prova de curtos

Utilizando nova arquitetura e materiais especiais, as baterias EFB Geração 2 estarão disponíveis nos veículos a partir do ano que vem

Por João Vitor Ferreira
Atualizado em 23 jun 2024, 16h24 - Publicado em 16 jan 2022, 17h17

As novas leis brasileiras de emissão de poluentes não afetaram somente os motores, como o 1.3 que equipa a Fiat Strada. Até as baterias estão mudando para se adequarem ao novo padrão.

Mais barato que gasolina! Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 6,90

A novidade são as novas baterias EFB Geração 2 (Enhanced Flooded Battery, ou Baterias Convencionais Melhoradas, em português), desenvolvidas pela Clarios. Elas são uma evolução da tecnologia EFB atual e, segundo a empresa, têm um aumento de até 30% na vida útil, maior velocidade de recarga, maior resistência à corrosão e durabilidade.

Uma das principais diferenças entre as gerações de baterias EFB está nas suas características construtivas. Enquanto a EFB Geração 1 usa uma grade estampada e uma grade expandida, na EFB Geração 2, as duas grades (a positiva e a negativa) são mais espessas e ambas são estampadas, neste caso com a tecnologia PowerFrame, patenteada pela Clarios. As grades também receberam a aplicação de uma liga de chumbo, principal responsável por proteger a bateria da corrosão.

Continua após a publicidade

Outra diferença, estaria na robustez do material ativo. A segunda geração da bateria teve um acréscimo de materiais otimizados, como a lã de vidro. Segundo a Clarios, essa mudança é responsável por melhorar os atributos citados, além de beneficiar os veículos que necessitam trabalhar continuamente e se submetem a temperaturas mais altas.

Comparativo entre as baterias Heliar, produzidas pela Clario
(Heliar/Divulgação)

A empresa garante que a nova tecnologia é mais leve e estável, diminuindo a chance de ocorrer um curto-circuito, e também tem menor risco de perfuração, já que não tem arames expostos.

Mesmo com a chegada das baterias EFB Geração 2, a versão anterior não será retirada do mercado. O gerente de engenharia da Clario, Wanderson Violardi, explica que a utilização de cada uma das gerações vai depender das especificações do veículo.

Continua após a publicidade

A EFB Geração 2 foi testada em laboratórios de montadoras na Espanha e na Alemanha, porém, a empresa não revelou quais. Mas salienta que o produto foi aprovado na primeira rodada de testes, atendendo todos os requisitos.

Por enquanto, a nova bateria não está disponível para compra em varejo nas auto-peças comuns e a empresa não adiantou qual o aumento no custo desta bateria na comparação com a primeira geração. Elas estarão disponíveis apenas em carros novos: os primeiros equipados com a nova bateria estreiam no Brasil neste ano.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.