Guia de usados: Peugeot 208 não é tão valorizado quanto deveria

Moderno, o hatch compacto conquista pelo desenho, pelos itens de conveniência e pela alta eficiência em qualquer versão

Peugeot 208 Versão Griffe traz luzes diurnas de leds e rodas aro 18

Versão Griffe traz luzes diurnas de leds e rodas aro 18 (Marco de Bari/Quatro Rodas)

A categoria dos hatches compactos premium continua sendo uma das mais disputadas do mercado.

É o habitat do Peugeot 208, que há cinco anos cativa sua clientela pelo estilo singular, acabamento caprichado e uma boa dose de desempenho e equipamentos.

A versão de maior sucesso é a Active com motor 1.5 flex de 8 válvulas e  93/89 cv.

Ágil, é rápido nas acelerações e retomadas e traz duplo airbag, ABS, cinto de três pontos para todos, lanternas com leds, direção elétrica e computador de bordo.

Logo acima há a Active Pack, que adiciona faróis de neblina, rodas de liga, espelhos elétricos, volante de couro e central com Bluetooth e tela touch.

São os mesmos itens da Allure, que se diferencia pelo teto panorâmico.

Peugeot 208 Bom espaço para quatro e um porta-malas de 265 litros

Bom espaço para quatro e um porta-malas de 265 litros (Marco de Bari/Quatro Rodas)

O câmbio automático sequencial AL4 de quatro marchas também fez sucesso, sempre com o 1.6 16V de 122/ 115 cv.

Até 2014 foi exclusivo da versão top, Griffe, caracterizada por rodas de liga aro 16, luzes diurnas de led (DRL), ar digital bizona, sensores de faróis, chuva e de ré e piloto automático.

Todas as versões agradam pelo quadro de instrumentos elevado, espaço adequado a quatro adultos (graças aos 2,54 m de entre-eixos) e 285 litros de porta-malas.

Integrante da frota de Longa Duração, o 208 encarou bem o desafio de rodar 60.000 km, merecendo ressalvas apenas nos componentes da suspensão.

A linha 2017 trouxe uma grade mais robusta e lanternas com máscara negra. A central recebeu espelhamento para celular e o motor 1.5 deu lugar ao econômico Pure Tech 1.2 flex de três cilindros de  90/84 cv.

Com exceção do Active, todas as versões ganharam airbags laterais.

Quem gosta de acelerar não deve se iludir com o Sport 1.6 Flex 16V. Desempenho, só no 208 GT, com o 1.6 THP flex e o câmbio manual de seis marchas.

São 173 cv para ir de 0 a 100 km/h em 8,2 s e 218 km/h de máxima.

Tem seis airbags, rodas aro 17, suspensão recalibrada e freios a disco nas quatro rodas.

O maior problema do 208 continua sendo as autorizadas, muitas vezes incapazes de seguir seu plano de manutenção.

Mas é inegável que também elas progrediram, com uma nova política de revisões a preços fixos, mão de obra mais barata para veículos fora da garantia de três anos e baixo custo das peças de reposição.

Onde o bicho pega

Peugeot 208 A transmissão de quatro marchas requer cuidados

A transmissão de quatro marchas requer cuidados (Marco de Bari/Quatro Rodas)

Câmbio automático – A transmissão de quatro marchas (AL4) requer cuidados: verifique se não está travada em terceira marcha (modo de segurança), se funciona sem trancos, retenção indevida de marchas ou avisos de erro no painel. O fluido deve ser trocado a cada 80.000 km.

Turbo – Negligência na manutenção do motor 1.6 THP pode resultar em excesso de fumaça em marcha lenta ou no intervalo entre as trocas de marcha.

Pode indicar uma turbina danificada ou no fim de vida útil, reparo que vai de R$ 3.000 a R$ 6.500.

Suspensão – É o ponto mais criticado do modelo: verifique se não há indícios de vazamento nos amortecedores e danos em itens como buchas de bandeja, batentes e bieletas, facilmente identificados em ruas de piso irregular.

Freios – As versões com transmissão automática são conhecidas pelo elevado desgaste dos freios.

A boa notícia é que esses discos e pastilhas são encontrados a bons preços tanto na rede autorizada quanto no mercado paralelo.

Recalls – Foram três convocações para veículos fabricados entre maio de 2013 e outubro de 2015.

Envolvem buchas dos braços da suspensão dianteira, rebites nos braços da suspensão dianteira e chicote elétrico do limpador de para-brisa. 

A voz do dono

  • Nome: Fillipe Vivas
  • Idade: 25 anos
  • profissão: engenhero civil 
  • Cidade: Lauro de Freitas (BA)

O que eu adoro – “O que mais agrada é o baixo consumo do motor 1,2, realmente econômico. É um carro bonito e bem equipado: piloto automático, ar-condicionado digital de duas zonas e teto panorâmico fazem a diferença.”

O que eu odeio – “Falta fôlego ao motor em baixas rotações. A suspensão é frágil e transmite as irregularidades do piso. O pós-venda não chega a ser ruim, mas é preciso brigar para que o serviço seja satisfatório.” 

Nós dissemos

Peugeot 208

 (Acervo/Quatro Rodas)

Abril de 2013 – “O 208 supera seu antecessor sob diversos aspectos. A começar pelo porte – ele é 10 cm maior no comprimento e no entre–eixos. (…) O painel de instrumentos obriga o motorista a olhar para os mostradores por cima do volante e não através do aro, como de costume. (…) A direção elétrica é direta e precisa, com respostas rápidas.”

PREÇO MÉDIO DOS USADOS (FIPE)

MODELO 2013 2014 2015 2016 2017
Active/Active Pack 1.5 Flex 8V 31.964 33.903 37.618
Active 1.2 Flex 12V 41.752 45.121
Allure 1.5 Flex 8V 35.262 37.223 40.613 45.652
Allure 1.2 Flex 12V 51.530
Griffe 1.6 Flex 16V manual 37.888 39.504 43.754 50.546
Griffe 1.6 Flex 16V automático 38.486 41.721 45.622 54.543 60.026
Active 1.6 Flex 16V automático 39.907
GT 1.6 THP 64.938 70.898

Preço das peças

PEÇAS ORIGINAL PARALELO
Para-choque (dianteiro) 705 550
Farol completo (cada um) 1.399 950
Pastilha de freio (par dianteiro) 259 150
Disco de freio (par dianteiro) 399 315
Amortecedores (jogo) 976 950

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s