Clique e assine com até 75% de desconto

QUATRO RODAS de novembro: novo Nissan Versa enfrenta VW Virtus e Onix Plus

Nova geração do sedã compacto já chega enfrentando os rivais mais fortes; também comparamos os hatches 1.0 até R$ 60.000

Por Gabriel Monteiro Atualizado em 19 nov 2020, 16h47 - Publicado em 19 nov 2020, 16h42
Arte/Quatro Rodas

A edição de novembro da QUATRO RODAS começa a chegar às bancas e às plataformas digitais nesta sexta-feira (20), com o estreante Nissan Versa 2021 encarando uma briga com Chevrolet Onix Plus e Volkswagen Virtus. Será que a nova geração, com design atraente, mais tecnologia e conforto, compensa a falta de motor turbo?

A Black Friday já começou na Quatro Rodas! Clique aqui e assine por apenas R$ 5,90

Nossa equipe também levou à prova o novato Onix RS, versão esportiva do hatch mais vendido do país, que ganhou adereços estéticos e segue com motor 1.0 turbo. A rivalidade aqui é com o já bem estabelecido Renault Sandero RS, quase um homônimo.

A edição de novembro também está recheada para quem gosta de aventura. Pouco antes da largada do Rali dos Sertões, invadimos os bastidores para experimentar a adrenalina de pilotar quatro tipos de veículos que participam do maior rali das Américas.

Arte/Quatro Rodas

Testamos a nova Volkswagen Amarok V6 2021 que, mesmo sem quase nenhuma atualização estética, retomou o título de picape média mais potente do Brasil.

Também quebrando recordes de potência, dirigimos o maior e mais potente Volkswagen do mundo, o Meteor. Desenvolvido no Brasil, tem  soluções que fazem muitos carros de luxo terem inveja.

Arte/Quatro Rodas

A pandemia do novo coronavírus e a desvalorização do real provocaram um aumento de quase 20% nos preços dos hatches 1.0. Nessas circunstâncias, fomos atrás do modelo de entrada que entrega mais por menos.

Arte/Quatro Rodas

Mercedes A45 S: O hatch ganhou uma nova geração que ficou ainda mais impressionante com o motor 2.0 mais potente do mundo. Mas também é bem equipado e não deixa de lado a praticidade para quotidiano.

Continua após a publicidade
  • Longa Duração: Comparamos as funcionalidades e usabilidade das centrais multimídia da nossa frota de Longa Duração. Chegando aos 30.000km, tivemos de trocar as pastilhas de freio de nosso Onix. A surpresa foi encontrar uma grande variação de preço no serviço na mesma cidade. O Tiggo 5X encarou uma viagem para Minas Gerais e voltou com o câmbio muito melhor, mas o carro está tombado! O Outlander foi para uma oficina especializada em suspensão e descobriu um problema crônico na direção.

    Arte/Quatro Rodas

    Volkswagen Tiguan: O SUV mais vendido da marca alemã mudou, mas o que se destaca são as atualizações tecnológicas – com direito a uma versão híbrida plug-in!

     

    Carta ao Leitor

    Gabriel (esq.) e Eduardo (dir.) são os estagiários que vão explorar o universo dos automóveis na QUATRO RODAS Arte/Quatro Rodas

    A equipe de QUATRO RODAS tem dois novos estagiários: Eduardo Passos e Gabriel Monteiro. Os leitores do site já devem ter visto os primeiros materiais produzidos por eles.

    Entre as pautas que já emplacaram, Eduardo relatou a fase atual da viagem do Tesla lançado ao espaço em junho de 2018 (“Mais lento que tampa de bueiro, Tesla Roadster passa perto de Marte”) e Gabriel encontrou um Mercedes-AMG de corrida, que disputou a Mercedes Challenge, à venda em uma loja de seminovos, em Porto Alegre (RS), (“Este Mercedes CLA AMG de corrida está à venda mais barato que um Classe A”).

    Em breve, você verá o nome deles aqui na revista também. E nos outros canais eletrônicos da QR. Mineiro de Ipatinga, Eduardo tem 24 anos e está no terceiro ano de jornalismo da USP (Universidade de São Paulo), mas já teve experiências profissionais como a passagem por nosso site parceiro Grande Prêmio e pelo departamento de assessoria de imprensa da gravadora Deck. Gabriel Monteiro é paulista da capital, tem 22 anos e está no sexto semestre do curso de jornalismo no Mackenzie (Universidade Presbiteriana Mackenzie) e também já estagiou em uma startup de tecnologia, além de criar com amigos de faculdade uma página na internet com notícias de oportunidades de estágio na área de comunicação.

    Arte/Quatro Rodas

    Sempre achei que um estagiário de jornalismo nunca deveria iniciar por uma publicação especializada. Em primeiro lugar porque, no meu entender, o estagiário precisava ter a oportunidade de fazer trabalhos sobre temas diversos, para aprender o ofício antes de se dedicar a um assunto específico. Em segundo lugar, a impressão que eu tinha era de que, entrando na revista logo no início da carreira, o estagiário queimava a chance de trabalhar na QUATRO RODAS como profissional. Não que ele não pudesse ser contratado ao final do estágio. Mas porque nem sempre coincide de existir uma vaga quando o estágio acaba. Bobagem minha, porque os bons profissionais sempre são bem-vindos. Aí está a repórter Isadora Carvalho para comprovar: estagiária na revista, ela foi efetivada, saiu, trabalhou no site Webmotors e voltou este ano.

    Hoje, vejo que a QUATRO RODAS é um bom lugar para começar, uma vez que o universo de temas ligados aos automóveis é imenso e todo dia há um desafio novo no caminho. E porque aqui é uma boa escola. Que o digam os dois estagiários que foram substituídos por Eduardo e Gabriel, que conseguiram emprego antes mesmo do final do estágio na revista. Você deve se lembrar deles. Renan Bandeira recebeu um convite do site Mobiauto e Daniel Telles foi para o Acelerados. O mercado, aliás, está cheio de profissionais que frequentaram nossos bancos escolares.

    Aos que se foram desejo sucesso e aos que chegam, que aproveitem.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Continua após a publicidade
    Publicidade