Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Novos Peugeot 3008 e Jeep Compass serão irmãos elétricos com até 387 cv

Plataforma STLA Medium é a primeira de quatro novas arquiteturas da Stellantis a serem apresentadas, prometendo bons números de performance

Por Eduardo Passos
5 jul 2023, 19h19

Qual o resultado da união de marcas tão diversas quanto Fiat, Jeep, Peugeot e Citroën? Desde sua criação, no final, de 2021, a Stellantis vem apostando pesado na unificação de componentes e estratégias de todas as fabricantes sob sua tutela, e as novas plataformas STLA levarão isso a outro nível.

Para seus futuros carros elétricos, o conglomerado apostará na modularidade: plataformas que compartilham peças e que se diferenciam, principalmente por tamanho. A primeira delas, a STLA Medium, foi apresentada hoje.

Irmã da STLA Small, Large e Frame (a única que não é monobloco), a STLA Medium é definida principalmente pelo tamanho: ela será usada em carros híbridos e elétricos com entre-eixos entre 2,7 e 2,9 m e comprimento total entre 4,3 e 4,9 m. É o caso do novo Jeep Compass, que já vem sendo desenvolvido com base nessa tecnologia, e do novo Peugeot 3008, que será lançado em breve.

tonale dianteira de cima
Alfa Romeo Tonale foi lançado recentemente… (Divulgação/Alfa Romeo)

Olhando a STLA Medium, é possível prever, de maneira geral, alguns pontos fortes dos futuros modelos da Stellantis. No caso da autonomia, por exemplo, esses SUVs médios superarão 700 km com uma única carga, com potência variando entre 217 e 387 cv e tração dianteira ou integral.

Continua após a publicidade
Dodge Hornet tem base no Alfa Romeo Tonale
E é praticamente igual ao Dodge Hornet; estratégia de compartilhamento de peças é vital para as pretensões da Stellantis (Divulgação/Dodge)

Ainda que o sistema elétrico funcione a 400 V (os mais modernos do mundo, como a E-GMP da Hyundai, são de 800 V), será possível realizar carregamentos a 285 kW, suficientes para levar as células de 20 a 80% de carga em 27 minutos.

Plataformas Stellantis
(Divulgação/Stellantis)

A eficiência, explica o grupo, foi obtida através de otimizações que incluem o sistema de aquecimento e resfriamento da cabine, direção, assistência de frenagem e propulsão — sempre projetados para minimizar o consumo de energia.

Novo Compass e outros modelos feitos sobre a STLA Medium terão autonomia na casa de 700 km
Projeção de autonomia das diferentes versão da plataforma STLA (Reprodução/Stellantis)

Ao mesmo tempo, um quebra-cabeças complexo foi montado para enfiar o máximo de baterias dentro do espaço limitado. Engenheiros buscaram arranjo de elementos químicos que não leva em conta apenas as reações que ocorrem em escala microscópica, mas a disponibilidade de matéria-prima no mundo, considerando até mesmo questões geopolíticas.

Ilustração da nova STLA Medium
Ilustração da nova STLA Medium (Divulgação/Stellantis)

Esse tipo de solução será aproveitado, certamente, nas outras versões da STLA. Ao mesmo tempo, teremos variações no entre-eixos e, claro, na autonomia, que será maior ou menos conforme o espaço disponível, variando entre 500 e 800 km. Outros itens compartilhados incluem sistemas de automação veicular e de atualizações over-the-air, capazes de melhorar os automóveis via internet.

Além da variação no entre-eixos, diferentes versões da STLA se diferenciam por alterações estruturais e alguns outros detalhes
Além da variação no entre-eixos, diferentes versões da STLA se diferenciam por alterações estruturais e alguns outros detalhes (Divulgação/Stellantis)

No fim das contas, porém, tudo depende de preço. Fontes relatam que o compartilhamento de peças e a simplificação da linha de montagem pode fazer com que futuros elétricos da Stellantis custem 40% menos do que equivalentes de 2020. Ao mesmo tempo que a gigante vai tomando o jeito na fabricação de EVs, entretanto, várias outras marcas do mundo também vão. Nisso, espere veículos a bateria cada vez mais baratos.

Continua após a publicidade
STLA Medium
(Stellantis/Divulgação)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.