Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Novo Chevrolet Bolt EV terá produção interrompida até 2022

A paralisação, segundo a montadora, será feita para focar em substituir os módulos e baterias defeituosos de mais de 140.000 unidades

Por João Vitor Ferreira 23 nov 2021, 19h37

A novela do Chevrolet Bolt parece não ter fim. Depois de convocar recall de todas as unidades de ano-modelo 2019 a 2022, agora a fabricante optou por não produzir novas unidades do seu carro elétrico até o próximo ano. O lançamento do novo Bolt no Brasil, que seria em setembro último, também foi adiado. 

Black Friday! Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 6,90

Como relata o Detroit News, a fábrica Orion Assembly, localizada em Orion Township, no estado do Michigan, ficará inoperante até janeiro para que a GM possa focar na reposição das células de bateria defeituosas.

A planta já havia sido desligada em 23 de agosto, logo após o anúncio do recall de mais de 140.000 unidades do Bolt EV e do EUV (versão SUV). A fábrica voltou a operar nas duas primeiras semanas de novembro, mas teve a produção paralisada novamente no último dia 15. A previsão era de que as operações retornassem em dezembro.

As baterias, fornecidas pela LG e fabricadas na Coreia do Sul e nos EUA, foram construídas com as abas de ânodo rasgadas e material separador dobrado. Esse defeito pode causar curtos-circuitos no interior das células, levando a incêndios ou, no pior dos casos, explosões.

Chevrolet Bolt 2022
GM chegou a recomendar aos donos de Bolt que estacionassem seus veículos ao ar livre por conta do risco de incêndio Divulgação/Chevrolet
Continua após a publicidade

A GM não vai arcar com os custos de reposição e recalls sozinha. A montadora calculou o gasto de aproximadamente U$ 2 bilhões, dos quais U$ 1,9 bilhão serão restituídos pela LG.

Mesmo retornando às operações no próximo ano, ainda vai demorar um pouco para que novos Chevrolet Bolt cheguem às concessionárias. Primeiramente, a fábrica vai focar em suprir as necessidades dos clientes afetados e em substituir as baterias defeituosas.

Chevrolet Bolt 2022
A segunda geração do Bolt chegou até a entrar em pré-venda no Brasil, com promessa de entrega em setembro. Porém o modelo ainda não deu as caras por aqui Divulgação/Chevrolet

“Depois de 2021, nossa programação de produção continua a ser ditada pelo que é necessário para ajudar os clientes afetados pelo recall, em vez de preencher pedidos de novos veículos.”, informou Reuben Jones, diretor da Orion Assembly, em comunicado aos funcionários divulgado pelo Detroit News.

No Brasil, a segunda geração do Bolt estava prevista para chegar em setembro. Porém, até agora, não há nenhum sinal da chegada do EV no país. Segundo a GM, o atraso deve-se à crise de semicondutores e a previsão é que estreia só aconteça no próximo ano. Vale lembrar, que os modelos de primeira geração vendidos aqui, também foram convocados para recall.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

CAPA 751 quatro rodas
A edição 751 de QUATRO RODAS já está nas bancas! arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade