Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Carro elétrico mais barato da BYD custa R$ 57.000 e pode vir ao Brasil

Voltado para ambientes urbanos, BYD Dolphin Mini tem inspiração no fundo do mar e utiliza tecnologias inovadoras em sua bateria

Por Eduardo Passos
Atualizado em 23 fev 2024, 01h20 - Publicado em 24 abr 2023, 15h00

Entre muita ostentação e lançamentos exuberantes, uma das novidades que mais chamou a atenção no Salão de Xangai é um modelo especulado para o Brasil, o BYD Seagull.

Depois do Dolphin (”golfinho”, em inglês) a marca chinesa apresentou um subcompacto elétrico ainda menor, voltado para o uso urbano. Não à toa, será vendido no Brasil como Dolphin Mini.

O Seagull (“gaivota”, em inglês) é 10 cm maior do que um Renault Kwid, com 3,78 m de comprimento e 1,71 m de largura. Consequentemente, só há lugar para quatro ocupantes, com 2,5 m de entre-eixos garantindo espaço modesto para as pernas.

Apesar da proposta mais acessível, subcompacto não economiza no estilo
Apesar da proposta mais acessível, subcompacto não economiza no estilo (Divulgação/BYD)

Apesar disso, o novo de acabamento do Dolphin Mini surpreende, com uma ampla tela giratória de 12,8’’ servindo como central multimídia e outra, de 5’’, funcionando como quadro de instrumentos flutuante. Pelas imagens, a cabine traz plásticos de boa aparência em sua montagem, além de itens de carros mais caros, como carregador de celular por indução.

Continua após a publicidade
Painel é uma versão simplificada de SUVs mais caros, como o Yuan Plus
Painel é uma versão simplificada de SUVs mais caros, como o Yuan Plus (Divulgação/BYD)

Favorecendo a estética, também há combinação de preto, azul e verde e botões estilizados no painel. O nome de um animal ligado às praias já indica que o Seagull faz parte da série Ocean da montadora, com elementos de decoração que remetem ao mar e que, no mercado nacional, tem como seu primeiro representante o Yuan Plus.

Por conta do tamanho pequeno, Seagull leva apenas quatro ocupantes
Por conta do tamanho pequeno, Seagull leva apenas quatro ocupantes (Divulgação/BYD)

Com traços bem retos e máscara negra nas lanternas, o BYD Seagull tem motor de 76 cv, o que limita a velocidade máxima a 130 km/h. A versão mais barata custa o equivalente a R$ 57.600, e se diferencia principalmente pela bateria de 30 kWh, com 305 km de alcance em ciclo CLTC. Ela é feita de íons de sódio e utiliza o arranjo em formas de lâminas proprietário da BYD; duas tecnologias essenciais para a redução de custos e para uma maior capacidade energética em pouco espaço.

Compartilhe essa matéria via:
Baterias inovadoras são importantes para o preço competitivo do modelo
Baterias inovadoras são importantes para o preço competitivo do modelo (Divulgação/BYD)

A versão de topo sai pelo equivalente a R$ 70.230 e, com bateria de 38 kWh, tem autonomia de 405 km no mesmo ciclo. Tanto ela quanto o Seagull básico têm carregamento em corrente contínua, capaz de levar a carga de 10% a 80% em cerca de meia hora.

O BYD Seagull vem fazendo sucesso imediato na China, onde em apenas 24h após apresentação recebeu 10.000 pedidos de reserva. A ótima recepção do elétrico mais barato da fabricante é essencial para seu plano de vender 3 milhões de carros eletrificados no país e, naturalmente, o torna candidato para um segmento que, a passos lentos, cresce no Brasil.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.