Clique e assine por apenas 8,90/mês

Correio Técnico: Como funciona o sistema OnStar no Brasil?

Serviço de assistente pessoal permite reservar restaurantes, saber as notícias do dia e até localizar o veículo em caso de roubo

Por Da Redação - 15 nov 2017, 14h57
Chevrolet OnStar
Mensalidade do OnStar varia de R$ 50 a R$ 80, segundo a Chevrolet Chevrolet/Divulgação

Como funciona o OnStar no Brasil? – Beto Silveira, Rio de Janeiro (RJ)

Implantado no Brasil em 2015, o OnStar funciona como uma espécie de assistente pessoal – como a Siri, nos aparelhos da Apple. Nos Estados Unidos, o recurso está longe de ser uma novidade, pois existe há 20 anos.

Mas em vez de ser apenas um sistema eletrônico, ele também conta com funcionários que atendem os chamados. Entre os serviços prestados, o OnStar permite monitorar o veículo à distância, reservar mesas em restaurantes, marcar horário no salão de beleza, ouvir as notícias do dia e até saber o horóscopo.

Tudo é feito por meio de uma central instalada em Campinas (SP), de onde uma equipe trabalha 24h por dia para realizar qualquer serviço disponibilizado.

O sistema de conectividade com o atendente do OnStar pode ser operado por meio de três botões no espelho retrovisor interno. O da esquerda serve para atender ligações da central e dar comandos de voz para o carro. O do meio (normalmente pintado na cor azul) faz ligações para os atendentes e o da direita (vermelho) emite um sinal de emergência – recurso bastante útil em caso de acidentes.

Continua após a publicidade
Serviço também pode ser controlado por aplicativo de smartphone Chevrolet/Divulgação

Além de todos estes serviços, o OnStar também funciona como rastreador, podendo localizar um veículo roubado. A GM não divulga números, mas disse que, nos oito primeiros meses de funcionamento, conseguiu recuperar todos os 15 carros roubados.

É preciso pagar uma mensalidade para utilizar o serviço, cujo valor varia de acordo com o veículo e o pacote de serviços desejado. São disponibilizados três pacotes (Safe, Protect e Exclusive) com diferentes benefícios e valores entre R$ 50 a R$ 80 mensais.

Modelo mais barato da GM, o Onix Joy tem o OnStar no aplicativo de celular Chevrolet/Divulgação

Todos os modelos novos vendidos pela Chevrolet saem de fábrica com o OnStar – do popular Onix Joy às versões mais caras da Trailblazer.

A diferença é que, nos veículos mais baratos, o sistema é operado por um aplicativo de smartphone, que possibilita travar ou destravar as portas à distância, descobrir se alguém movimentou o veículo do local onde está estacionado ou checar a pressão dos pneus, por exemplo.

A Chevrolet estima que mais de 130 mil usuários utilizam o serviço todos os dias. Mas vale ressaltar que a GM não foi pioneira neste tipo de serviço no país.

Desde 2012 a Volvo oferece o OnCall em todos os modelos das linhas S, V e XC60 fabricados a partir de 2012. O novo XC90 também chegou ao país com esta funcionalidade em 2015. A montadora diz que mais de 34 mil acionamentos foram registrados no terceiro ano de operação do sistema no país.

Sistema de assistente pessoal da Volvo, o On Call existe no Brasil desde 2012 Volvo/Divulgação
Continua após a publicidade
Publicidade