Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Volvo XC40 Recharge Plus é elétrico com um motor a menos — e isso é ótimo

Volvo mais em conta do Brasil abre mão de esbanjar performance, mas sem se tornar fraco. Em troca, fica mais econômico e muito mais barato

Por Eduardo Passos
Atualizado em 1 fev 2023, 15h28 - Publicado em 10 jan 2023, 17h00

Monomotor, bimotor, quadrimotor… termos antes restritos ao mundo dos aviões agora também são importantes para quem compra um carro elétrico ou híbrido. Afinal de contas, a facilidade de instalação de motores do tipo vem tornando comum arranjos inusitados e praticamente impossíveis para modelos a combustão.

Um dos mais usados nessa nova era é o arranjo bimotor, presente no Volvo XC40 Recharge Ultimate, topo de linha no Brasil. Nesse caso, há um propulsor em cada eixo, com potência e torque se somam e tração integral totalmente variável e sem uso de cardan e outros elementos mecânicos pesados.

Pintura varia seus tons rosê conforme a luz que incide no carro
Pintura varia seus tons rosê conforme a luz que incide no carro (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Agora, a linha XC40 também aproxima da realidade do consumidor brasileiro uma questão: o que se perde comprando uma versão com um motor a menos que outra? Dúvida que é respondida pelo XC40 Recharge Plus, de R$ 329.750.

Única diferença estética para versão bimotor está nas rodas, que são de aro 19
No modelo Recharge Plus, eixo traseiro perde motor que permitia tração integral (Fernando Pires/Quatro Rodas)

O Volvo mais barato do Brasil sai por R$ 70.000 a menos que o Recharge Ultimate (R$ 399.950). Suas diferenças se limitam às rodas de aro 19 no lugar das de aro 20, ausência de câmera 360º e, claro, um motor a menos. Resta apenas a unidade de potência no eixo dianteiro e a tração integral passa a ser dianteira.

Única diferença estética para versão bimotor está nas rodas, que são de aro 19
Única diferença estética para versão bimotor está nas rodas, que são de aro 19 (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Em números, isso significa que a versão mais barata oferece nada ruins 231 cv e 33,7 kgfm, com 0 a 100 km/h em 7,7 s. O modelo topo de linha já esbanja, com 408 cv e 67,3 kgfm, que levam-no aos 100 km/h do repouso em meros 4,9 s.

Continua após a publicidade
Ausência de grade frontal causa estranhamento, mas logo se torna parte harmônica do design
Ausência de grade frontal causa estranhamento, mas logo se torna parte harmônica do design (Fernando Pires/Quatro Rodas)

É importante notar, entretanto, que ninguém ajuizado irá arrancar com tanta violência no dia a dia; além de desconfortável, é uma atitude bem perigosa.

Espaço interno é bom, assim como os bancos
Espaço interno é bom, assim como os bancos (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Outro ponto importante é o fato da Volvo não ser necessariamente uma marca ligada a alta performance, de modo que os 2,8 s a mais no teste não tendem a ser um grande problema para seus clientes. No fim das contas, em termos de aceleração o único aspecto que realmente parece fazer falta é a retomada de 80 km/h a 120 km/h, na qual a versão monomotor leva 4,5 s contra 2,9 s da mais equipada.

Túnel central atrapalha passageiro do meio e é ponto fraco notável
Túnel central atrapalha passageiro do meio e é ponto fraco notável (Fernando Pires/Quatro Rodas)

O XC40 Recharge Plus recebeu ajustes que deixaram-no bem mais econômico e, assim, a Volvo pôde reduzir seu conjunto de baterias; o que certamente contribuiu para reduzir o preço ainda mais. Com 67 kWh de capacidade líquida (8 kWh a menos), o modelo mais recente, com base em nossos testes, tem autonomia 5 km menor na cidade: 415 km. Na estrada, onde o alcance é bem mais crucial, porém, ele é consideravelmente melhor, com autonomia de 395 km — 35 km a mais que o bimotor.

Em casa, um wallbox de corrente alternada e 11 kW enche a bateria em cerca de 7h. Uma hora no estacionamento do shopping carregando também a 11 kW, por exemplo, acrescenta cerca de 55 km de alcance. Já o carregamento em corrente contínua, de até 150 kW, consegue levar a carga de 10% a 80% em cerca de meia hora.

Painel é simples mas funcional
Painel é simples mas funcional (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Com a matemática do seu lado, o comprador ainda pode contar vantagem de ter praticamente tudo que o modelo mais caro trás. Sem ostentação, a cabine do XC40 é sóbria mas confortável, com destaque para os bancos que mesclam Suede e tecido que imita couro.

Continua após a publicidade
Google Maps é exibido direto no quadro de instrumentos
Google Maps é exibido direto no quadro de instrumentos (Fernando Pires/Quatro Rodas)

O painel é minimalista mas eficiente, com central multimídia que traz Apple Carplay mas não o Android Auto. Quem tem smartphone do tipo deve conectar a conta do Google direto no carro, como se esse fosse um dispositivo à parte. Com a vida digital sincronizada no carro, ganha-se praticidade. O único defeito (que deve ser corrigido em breve) é a ausência do Waze entre os aplicativos de GPS na Play Store.

Sob o capô, espaço para uma bagagem pequena
Sob o capô, espaço para uma bagagem pequena (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Mesmo entre os carro elétricos, o XC40 se destaca pelo silêncio da condução, que é favorecido pelo carpete que envolve porta-objetos e laterais do carro. Outra vantagem notável em relação aos bimotores da marca sueca é o ajuste de suspensão, que finalmente parece mais adaptado ao Brasil.

Porta-malas tem bons 452 l de capacidade
Porta-malas tem bons 419 l de capacidade (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Sai de cena um conjunto excessivamente firme e entra um bem amaciado, que aproveita o centro de gravidade próximo ao solo para prover estabilidade e ainda mais conforto.

Por R$ 70.000 a menos, uma opção que faz bastante sentido
Por R$ 70.000 a menos, uma opção que faz bastante sentido (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Fechando a conta de um bom e velho Volvo, a condução é auxiliada por controle de cruzeiro adaptativo inteligente (que até avisa os distraídos quando o carro da frente parte), além de assistente de permanência em faixa. Há alertas para saída de vagas em 90º e um sistema que impede esbarrões em balizas. Os sete airbags de série completam o pacote que, surpresa, dão ao SUV médio cinco estrelas no exigente EuroNCAP. E nesse teste também.

Teste – Volvo XC40 Recharge Plus

Aceleração

  • 0 a 100 km/h: 7,7 s
  • 0 a 1.000 m: 29,1 s – 163,8 km/h
  • Velocidade máxima: 160 km/h* (limitada eletrônicamente)

Retomadas

  • D 40 a 80 km/h: 2,9 s
  • D 60 a 100 km/h: 3,7 s
  • D 80 a 120 km/h: 4,5 s

Frenagens
60/80/120 km/h a 0: 13,5/23,1/53,3 m

Continua após a publicidade

Consumo

  • Urbano: 6,2 km/kWh
  • Rodoviário: 5,9 km/kWh

Preço
R$ 329.950

Ficha técnica

Motor: elétrico, síncrono, dianteiro; 231 cv, 33,7 kgfm
Câmbio: automático, 1 marcha, tração dianteira
Direção: elétrica
Suspensão: McPherson (dianteira) / multilink (traseira)
Freios: disco ventilado (dianteiro) / disco sólido (traseiro)
Pneus: 235/50 R19
Peso: 2.030 kg
Dimensões: comprimento, 444,0 cm; largura, 187,3 cm; altura, 164,7 cm; entre-eixos, 270,2 cm; baterias, 69 kWh (bruto) / 67 kWh (líquido) ; porta–malas, 419 l

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.