Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Volkswagen Fox Pepper

O tempero da VW não apimenta a potência - só mexe no o visual e deixa o preço mais salgado

Por Marcio Ishikawa Atualizado em 9 nov 2016, 14h27 - Publicado em 16 abr 2015, 21h44
impressoes

O Fox Pepper foi uma das atrações da Volkswagen no Salão do Automóvel de São Paulo do ano passado. Mostrado na época como um conceito, teve uma boa aceitação do público, fazendo a VW levá-lo para as concessionárias no final de fevereiro, custando a partir de R$ 53 910. Agora, recebemos uma unidade para avaliação.

“O motor é mais forte”?

Ouvi essa pergunta três vezes nos poucos dias em que fiquei com o carro. Infelizmente não. A pimenta do nome não se traduz em cavalos adicionais. O conjunto mecânico é o mesmo do Fox Highline, equipado com o novo motor 1.6 MSI 16V. Isso quer dizer bons 110/120 cavalos de potência (gasolina/etanol), enquanto o torque máximo fica em 15,8/16,8kgfm 4 000 rpm – 85% disponíveis aos 2000 rpm. Boa disposição nas arrancadas e retomadas, um câmbio de engates precisos e suaves e uma suspensão bem acertada fazem dele um carro bem divertido de conduzir. Só que é exatamente o mesmo comportamento do do Fox Highline, que testamos em setembro do ano passado – quando cravou de 0 a 100 km/h em 11,1 segundos e retomou de 40 a 80 km/h em 7,6 segundos.

Então, o que é que o Fox Pepper tem?

A aposta da VW é na clientela que busca um visual diferenciado . A discrição, definitivamente, não é uma característica do Fox Pepper. Por fora, o teto é pintado em preto, para-choques exclusivos com luzes auxiliares retangulares e grade frontal com trama em forma de colméia e friso horizontal vermelho. Ele está disponível em quatro cores: vermelho Tornado, prata Sargas, branco Cristal e preto Ninja. Na lateral, molduras pretas nas caixas das rodas, retrovisores vermelhos (se a carroceria for vermelha, em preto) com repetidores e, também, rodas de 15′ com design exclusivo. O interior também é bastante chamativo. Os aros da saída de ar são vermelhos, assim como a costura do volante multifuncional. No painel central, destaque para a central multifuncional com tela de 5,5 polegadas, enquanto os bancos de couro ecológico tem desenho exclusivo.

pepperfox-interna-christian-castanho.jpeg

Mesmo quem é fã do hatchback encontra um melhor negócio no Fox Highline. O Pepper está mais para salgado, longe de ser uma compra racional, e atende àqueles que querem se destacar na multidão.

Principais Itens de série:

Sensores de estacionamento dianteiros e traseiros

Computador de bordo

Controle de tração

Ar-condicionado

Continua após a publicidade

Chave “canivete” com controle remoto

Direção com ajuste de altura e profundidade

Retrovisores elétricos, com função Tilt down no lado do passageiro

Sistema de som com rádio AM/FM, CD-player, bluetooth, MP3 player e entradas USB, SD-card e auxiliar

Travamento elétrico das portas e porta-malas (com controle remoto)

Vidros dianteiros e traseiros elétricos

Volante multifuncional revestido em couro

Opcionais:

Teto solar – R$ 2.621,00

Sistema de som touchscreen com navegação – R$ 3.236,00

Pacote com controle eletrônico de estabilidade, assistente de partida em aclives e faróis de neblina com “Cornering Light” – R$ 1.209,00

Pacote com piloto automático, retrovisor interno eletrocrômico, função “Coming & Leaving home”, faróis de neblina com “Cornering Light” e sensores de chuva e crepuscular – R$ 2.027,00

Veja o teste com o Fox Highline 2015

02_fox_pepper.jpeg

Continua após a publicidade

Publicidade