Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Más vibrações

Por Redação Atualizado em 26 dez 2016, 18h44 - Publicado em 28 mar 2012, 12h15

Por Péricles Malheiros

44 162 km

No último mês, nosso 3008 passou mais tempo na concessionária Paris do que com a gente. De todos os serviços, o único que ficou a contento foi a troca de pastilhas de freio dianteiras. A substituição dos amortecedores dianteiros em garantia, alegada pela concessionária, não aconteceu. “As marcações que fazemos em diversos componentes assim que cada carro estreia na frota de Longa Duração não deixam dúvida, os amortecedores sequer foram tocados”, diz o nosso consultor Fabio Fukuda. Os barulhos na dianteira do carro voltaram a incomodar e ainda esqueceram de fazer o rodízio no lado esquerdo. Na estrada, notamos outro deslize: a direção estava vibrando, indicando um possível erro na execução do serviço de balanceamento.

Para evitar um desgaste irregular dos pneus, providenciamos a correção do rodízio por conta própria e agendamos uma parada em outra concessionária para uma verificação geral da suspensão. Esperamos, dessa vez, uma ação mais acertiva por parte da rede.

Para saber se a segurança não estava comprometida, nosso consultor andou alguns quilômetros com o 3008 e fez uma nova vistoria. “O vazamento detectado no amortecedor no mês passado era pequeno e parece ter cessado, pois está mais seco agora. Ao volante, não notei nada grave”, disse Fukuda.

Continua após a publicidade

Liberado, nosso 3008 caiu na estrada. Com o assistente Eduardo Campilongo, foi duas vezes para o Rio de Janeiro. E, com relação ao desempenho, o crossover continua arrancando elogios: “O motor potente e o câmbio de seis marchas permitem ultrapassagens seguras, mesmo em longos trechos de subida”, disse Campilongo.

Mas ladeira acima, é preciso tomar outro tipo de cuidado. O porta-copos no centro do banco traseiro fica muito inclinado, o que aumenta o risco de derramamento de líquidos.

Consumo

No mês (31,2% na cidade): Gasolina – 9,2 km/l
Desde mar/11 (33,5% na cidade): Gasolina – 9,7 km/l

Concessionária lubrificou a fechadura da tampa traseira e não economizou na dose de vaselina (esq.) | Olha o nível! Depois, não adianta chorar pelo líquido derramado: o porta-copos é inclinado (dir.)

Continua após a publicidade

Publicidade