Clique e assine por apenas 8,90/mês

Longe do ninho

Por Péricles Malheiros - Atualizado em 26 dez 2016, 16h36 - Publicado em 17 ago 2015, 11h45

Por Péricles Malheiros

7.360 km

Até hoje, o nosso elétrico percorreu mais de 7 000 km na cidade, que é o seu hábitat natural, mas sempre quisemos levá-lo para uma rodovia, curiosos em entender o comportamento de um elétrico na estrada.

A oportunidade veio em julho. O primeiro a utilizar o Nissan na rodovia foi o redator-chefe Zeca Chaves. “Peguei um trecho pequeno da via Anchieta e, apesar de ser um carro muito agradável de dirigir na estrada, me assustei quando vi a autonomia despencando”, diz Zeca, que a cada 5 km rodados via a autonomia cair 10 km. A mesma situação foi vivenciada pelo repórter visual Eduardo Campilongo na rodovia dos Bandeirantes e no Rodoanel. “Percorri 50 km de estrada com velocidade entre 80 km/h e 120 km/h”, conta Campilongo. “Mas o carro consumiu 68 km da autonomia.”

Continua após a publicidade

Autonomia à parte, o Leaf ganhou elogios pelo desempenho. Para Eduardo, o hatch é um dos mais confortáveis e ágeis na estrada da nossa frota. “Mesmo no modo Eco, que reduz a velocidade deixando  o acelerador menos sensível, fiz ultrapassagens como se estivesse num veículo com motor 1.8”, diz Campilongo, satisfeito com o torque do carro.

Na comparação com o elétrico Renault Zoe, o Leaf leva vantagem por não limitar a velocidade no modo Eco: o do Zoe só deixa o carro atingir 95 km/h, enquanto o do Leaf permite chegar fácil a 120 km/h.

Gastos no mês

Eletricidade: R$ 59

Publicidade