Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Governo zera imposto de importação e etanol pode ficar R$ 0,20 mais barato

Redução no imposto do etanol também afetará a gasolina, porém não há garantias que os combustíveis fiquem mais acessíveis

Por João Vitor Ferreira
22 mar 2022, 14h53

O Ministério da Economia anunciou ontem (21) que vai zerar o imposto de importação do etanol até o dia 31 de dezembro. A medida foi tomada pela Câmara de Comércio Exterior (Camex) e vai entrar em vigor assim que for publicada, o que deve ocorrer na próxima quarta-feira (23).

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

A notícia parece boa para o consumidor, principalmente agora em que o preço dos combustíveis não para de subir, mas talvez essa redução não chegue até as bombas.

Para Marcelo Guaranys, secretário-executivo do Ministério da Economia, a expectativa é que o preço do etanol comum e aditivado caia em até R$ 0,20 por litro. Porém isso não é uma certeza, já que a instabilidade do cenário econômico mundial causada pela guerra entre Rússia e Ucrânia, têm maior influência sobre o preço do combustível.

Além do álcool, a gasolina também pode ser afetada pela redução, caso ela realmente chegue ao consumidor final. Por lei, toda gasolina vendida no Brasil deve ser misturada com uma porcentagem de etanol (25% para a comum e aditivada e 27% para as premium).

Ressaltando que, a redução do imposto é válida apenas para os países de fora do Mercosul, que anteriormente tinham uma taxa de importação de 18% . Para países como os EUA, um dos nossos principais importadores, o Brasil negocia cotas específicas de taxação. No caso do etanol americano, a proposta é taxar apenas os litros adicionais que ultrapassem o volume preestabelecido

Mesmo tendo uma grande produção de cana-de-açúcar, matéria prima do etanol, parte da safra é dividida para a produção de outros produtos. Por isso, o Brasil ainda é dependente da importação desse combustível.

Continua após a publicidade
Plantação Cana
Brasil é um dos maiores produtores de cana-de-açúcar do mundo (Reprodução/Internet)

A redução, se chegar, viria muito a calhar, principalmente para quem abastece com o biocombustível. Só no mês de fevereiro o preço do etanol chegou a valer 67,9% do preço da gasolina, segundo a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), o que levou a um aumento de 20% no aumento nas vendas. Porém, seu preço deve voltar a subir, já que está diretamente ligado ao aumento do diesel.

Compartilhe essa matéria via:

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas! (Arte/Quatro Rodas)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.