Clique e assine por apenas 8,90/mês

Campeonato alemão: Mercedes C 180 x Audi A4 x BMW 320i

Maior, mais luxuosa e mais potente, nova geração do Audi A4 chama para briga seus tradicionais adversários Mercedes C 180 e BMW 320i

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 23 nov 2016, 21h57 - Publicado em 1 nov 2016, 13h21

Comparativo sedãs premium

Antes da chegada dos modelos mais compactos, os sedãs médios eram a porta de entrada para o mundo das marcas de luxo por muitos anos. O lançamento da nova geração do Audi A4 reaqueceu o interesse da clientela por esse segmento, que antes se concentrava principalmente em Mercedes-Benz Classe C e BMW Série 3.

Para descobrir se o A4 pode virar a nova referência na categoria, colocamos frente a frente as versões intermediá­rias de cada modelo – A4 Launch Edition (R$ 172.990), C 180 Elegance FF (R$ 162.900), que acaba de virar flex, e 320i Sport GP Active Flex (R$ 174.950).

Continua após a publicidade

Embora a configuração escolhida para a comparação seja a Launch Edition, a Audi não tinha uma unidade da versão disponível e acabou cedendo um A4 Ambition para as fotos. A Jaguar também foi cogitada para se intrometer nessa briga alemã, mas os preços salgados do XE (que começam em R$ 181.560) excluíram os ingleses do confronto.

Mercedes C180
Nacional, o C180 agora vem com sistema flex Pedro Bicudo/Quatro Rodas

Audi A4
Vindo da Alemanha, o Audi é o único importado

BMW 320i
BMW é feito no Brasil desde 2014

Cada modelo traduz a filosofia da marca que representa. O Classe C é um típico Mercedes, com um design elegante que ainda é atual, mesmo depois de dois anos de vida.

Já o 320i não esconde sua afeição pela esportividade, seja pelo perfil mais assentado ou pelo design cheio de vincos e entradas de ar. O estilo do BMW ainda seduz, mas dá sinais de cansaço – mesmo com o facelift feito em 2015. No meio do caminho, surge o A4, que tem linhas que agradam os dois públicos.

Olhando os três na garagem, percebe-se que o A4 conseguiu uma proeza incomum: a de fazer o tempo passar mais rápido. Foi só o novo Audi estrear no país para C 180 e 320i envelhecerem precocemente da noite para o dia. Seu design moderno faz o A4 parecer maior do que realmente é, principalmente ao lado de seus rivais.

Mercedes C180
Inspirado no SLS AMG, o design do C180 seduz pela elegância típica dos Mercedes Pedro Bicudo/Quatro Rodas

Audi A4
A4 causa melhor impressão ao vivo do que nas fotos

BMW 320i
Dono do projeto mais antigo, o 320i não está ultrapassado – os rivais é que são mais atuais

Fenômeno parecido se repete no interior do A4 (que de fato é mais espaçoso que o de C 180 e 320i), marcado pelas linhas horizontais que reforçam a sensação de largura.

Audi A4
Painel digital do A4 é bonito de ver e fácil de mexer

Audi A4
Comandos da central MMI são mais intuitivos

A qualidade de materiais do Audi é superior à de BMW e Mercedes, embora o acabamento do C180 também preze pelo bom gosto.

Mercedes C180
Tela central de aspecto simples do C180 destoa do interior refinado

Mercedes C180
Touchpad da Mercedes é dificil de operar

No 320i, alguns detalhes entregam a idade do projeto, lançado há quase quatro anos, como a disposição dos comandos de som e climatização, difíceis de visualizar e compreender. Outro ponto negativo é o controle giratório da central multimídia, exigindo paciência do usuário para entender seu funcionamento.

Continua após a publicidade

BMW 320i
Volante do BMW tem a melhor empunhadura

BMW 320i
Cãmbio tem aparência de joystick; controle giratório demanda tempo para se acostumar Acervo/Quatro Rodas

Um degrau acima

Dos três sedãs, apenas o A4 não é flex – o que não interfere nos números de desempenho, considerando que nossos testes são feitos com gasolina. Desenvolvido na Alemanha só para o Brasil, o motor 1.6 do C 180 sofreu algumas mudanças, incluindo a adoção de uma bomba de combustível com proteção contra corrosão e adaptação da central eletrônica para receber etanol.

A Mercedes garante que a conversão não prejudica o funcionamento dos sistemas, independentemente do combustível escolhido – algo que não ocorre com o start-stop do 320i, que deixa de funcionar quando abastecido com etanol.

Mercedes C180
C 180 é o único sem regulagens elétricas no banco do motorista

Mercedes C180
Espaço traseiro é bom

Na pista de testes, o C 180 perde para o 320i no 0 a 100 km/h, mas anda junto com o rival nas provas de retomada. Ambos, no entanto, são deixados para trás pelo A4, o mais potente do trio. São 190 cv contra 184 cv do 320i e 156 cv do C 180. No torque, a vantagem do Audi é maior ainda: 32,6 mkgf ante 27,5 e 25,5. No consumo, todos ficaram próximos, com leve desvantagem para o Mercedes.

O Audi é o único com câmbio de dupla embreagem, e o motorista sente a diferença ao volante: as trocas de marcha são bem rápidas, fazendo o A4 parecer ter um motor ainda mais forte. Apesar dessa superioridade, vale ressaltar que as caixas de 320i e C 180 (com oito e sete velocidades, respectivamente) também agradam pelo funcionamento, garantindo muita agilidade em baixa rotação.

Audi A4
Cabine do A4 tem estilo atual

Audi A4
Sobra espaço no banco de trás

O A4 também leva a melhor no conteúdo, sendo o único com faróis full led e o belo painel digital configurável Virtual Cockpit, que exibe várias funções do veículo em uma tela de 12,3 polegadas. O C 180 é o único que traz importantes itens de segurança, como airbag de joelho e Attention Assist (avisa quando o motorista está sonolento), mas peca ao não oferecer regulagem elétrica do banco do condutor.

BMW 320i
Posição de guiar do BMW é a mais esportiva

BMW 320i
Espaço no banco traseiro do 320i é menos generoso

Já o 320i vem com sensor de estacionamento traseiro e o serviço BMW ConnectedDrive (serviço de concierge). Em comum, nenhum deles oferece uma reles câmera de ré – item que equipa modelos bem mais baratos, como o Chevrolet Prisma LTZ (R$ 64.690).

Continua após a publicidade

Mercedes C180
O porta-malas do C 180 comporta até 480 litros

Audi A4
O porta-malas do Audi A4 é o que tem menor capacidade: 408 litros

BMW 320i
Espaço no porta-malas do 320i é o mesmo do C180

AVALIAÇÃO DO EDITOR

Motor e Câmbio – O câmbio de dupla embreagem ajudou o A4 a vencer as provas de desempenho, seguido de perto pelo 320i. O C 180 não fez feio nas retomadas.

Dirigibilidade – Tem para todos os gostos. O A4 é divertido de guiar, o C 180 equilibra conforto e esportividade e o 320i tem um acerto 100% esportivo.

Segurança – A4 e C 180 têm faróis full led, mas o Mercedes é o único com 7 airbags – contra 6 dos rivais.

Seu bolso – Ninguém bate o C 180 na relação custo-benefício. O A4 custa quase tanto quanto o 320i, mas entrega mais.

Conteúdo – Painel digital é exclusividade do A4, o 320i tem serviços de concierge e o C 180 é o único sem regulagens elétricas no banco do condutor. Falta câmera de ré em todos.

Vida a bordo – Requintada, a cabine do A4 lembra um modelo mais caro. O bom gosto domina o C 180, e o 320i é o mais despojado.

Continua após a publicidade

Qualidade – A sensação de requinte é maior no A4, mas o C 180 não fica muito atrás – ao contrário do 320i.

 

VEREDICTO QUATRO RODAS

O A4 compensa o preço mais alto entregando conteúdo, desempenho e um projeto mais atual, batendo por pouco o C 180. O 320i é indicado para quem procura esportividade, mas fica devendo refinamento e tecnologia, itens essenciais em um sedã de luxo.

Teste de pista (com gasolina)
A4 320i C 180
Aceleração de 0 a 100 km/h 7,7 s 7,9 s 9 s
Aceleração de 0 a 1.000 m 28,4 s – 188,2 km/h 28,7 s – 186 km/h 29,8 s – 179,4 km/h
Retomada de 40 a 80 km/h (em D) 3,4 s 3,6 s 3,7 s
Retomada de 60 a 100 km/h (em D) 4,1 s 4,4 s 4,7 s
Retomada de 80 a 120 km/h (em D) 5,2 s 5,7 s 6 s
Frenagem 60 / 80 / 120 km/h a 0 15,4 / 26,6 / 64 m 15,4 / 26,8 / 64,9 m 15,8 / 27 / 61,7 m
Consumo urbano 11 km/l 11,3 km/l 10,5 km/l
Consumo rodoviário 15,4 km/l 16 km/l 14,4 km/l
Ruído interno (Neutro / RPM máximo) 36,4 / 67,1 dBA 39,2 / 66,5 dBA 39,9 / 68,3 dBA
Ruído interno (80 / 120 km/h) 57,6 / 65,8 dBA 57,9 / 66,2 dBA 58,4 / 67 dBA
Aferição do velocímetro a 100 km/h 97,8 km/h 98,9 km/h 97,8 km/h
Aferição da rotação a 100 km/h em 5ª marcha 1.500 rpm 1.700 rpm 1.800 rpm
Volante 2,8 voltas 2,4 voltas 2,4 voltas
Preço básico R$ 172.990 R$ 174.950 R$ 162.900
Garantia 2 anos 2 anos 2 anos
Concessionárias 50 50 56
Ficha técnica
A4 320i C 180
Motor gasolina, dianteiro, longitudinal, 4 cil., 16 V, turbo, 1.984 cm³, 190 cv a 4.200 rpm, 32,6 mkgf a 1.450 rpm flex, dianteiro, longitudinal, 4 cil., 16V, turbo, 1.997 cm³, 184 cv a 5.000 rpm, 27,5 mkgf a 1.250 rpm flex, dianteiro, longitudinal, 4 cil., 16V, turbo, 1.595 cm³, 156 cv a 5.300 rpm, 25,5 mkgf a 1.200 rpm
Câmbio automático, 7 marchas, tração diant. automático, 8 marchas, tração tras. automático, 7 marchas, tração tras.
Direção elétrica, 11,3 m (diâmetro de giro) elétrica, 11,3 m (diâmetro de giro) elétrica, 15,5 m (diâmetro de giro)
Suspensão McPherson (diant.), multilink (tras.) McPherson (diant.), multilink (tras.) duplo A (diant.), multilink (tras.)
Freios disco ventilado (diant.), disco sólido (tras.) disco ventilado (diant. e tras.) disco ventilado (diant.), disco sólido (tras.)
Pneus 245/40 R18 225/50 R17 265/60 R18
Peso 1.405 kg 1.465 kg 1.425 kg
Peso / potência 7,4 kg/cv 8,1 kg/cv 9,1 kg/cv
Peso / torque 43,1 kg/mkgf 54,4 kg/mkgf 55,9 kg/mkgf
Dimensões comprimento, 472,6 cm; largura, 184,2 cm; altura, 142,7 cm; entre-eixos, 262 cm; porta-malas, 408 l; tanque de combustível, 54 l Comprimento, 462,4 cm; largura, 181,1 cm; altura, 142,9 cm; entre-eixos, 281 cm; porta-malas, 480 l; tanque de combustível, 60 l comprimento, 468,6 cm; largura, 181 cm; altura, 144,2 cm; entre-eixos, 284 cm; porta-malas 480 l; tanque de combustível, 66 l
Equipamentos de série

ar-digital bizona, 6 airbags, assistente de partida em rampa, banco do motorista com regulagens elétricas, central multimpidia, controle de tração, ESP, GPS, piloto automático, painel digital, seletor de modos de condução, sensor de estacionamento traseiro, sensores de luz e chiva, start-stop, volante multifuncional.

ar-digital, 6 airbags, bancos diant. com regulagens elétricas, central multimídia com concierge e chamada de emergência, controle de tração, ESP, faróis em led, GPS, piloto automático, seletor de modos de condução, sensor de estacionamento traseiro, sensor de chuva, start-stop, teto solar, volante multifuncional. ar digital bizona, 7 airbags, alerta de perda de pressão dos pneus, assistência de partida em rampas, Attention Assist, Bluetooth, central multimídia, controle de tração, ESP, faróis full led, piloto automático, rodas aro 17, sensor de chuva, start-stop, seletor de modos de condução, volante multifuncional.

 

Publicidade