Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Ford registra nome e pode lançar Escort como seu novo carro elétrico

Além de registrar nome de modelos clássicos como o Escort, Ford tem CEO que é fã da ideia de reutilizá-los em novos carros

Por Eduardo Passos 30 dez 2021, 16h52

Após reutilizar nomes clássicos em modelos como a Maverick e F-150 Lightning, há bons indícios de que a Ford esteja interessada em ressuscitar o Escort. Na última quinta-feira (23), a fabricante começou a registrar nomes desse e outros modelos clássicos como Orion, Cortina e Granada.

Mais barato que gasolina! Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 6,90

Os registros foram feitos na Nova Zelândia e Austrália, onde a Ford vem testando algum de seus modelos inéditos mais importantes, como a nova geração da Ranger. Para não deixar dúvida de suas intenções, a marca tratou de classificar esses nomes como referentes a “veículos terrestres, suas partes e acessórios”.

Ainda que seja uma prática comum para manutenção de marcas registradas, o registro de carros antigos da Ford chama atenção por dois motivos principais. Um deles diz respeito aos vários anos em que esses registros seguiam extintos, de modo que um interesse “repentino” da marca pode significar muito mais do que preocupações burocráticas.

Continua após a publicidade

Mais do que isso, porém, o registro do Ford Escort condiz com a fonte ouvida pelo site especializado Ford Authority. Segundo o relato, o CEO da Ford, Jim Farley, é apaixonado pela ideia de reutilizar nomes de carros clássicos da marca, aproveitando seu reconhecimento.

É o caso do Ford Bronco, por exemplo, que voltou às lojas 25 anos depois, em nova geração que mantém a essência aventureira do jipe e acrescentando à família o Bronco Sport. No caso do Ford Maverick, porém, o muscle car emprestou seu nome à picape intermediária que chegará às concessionárias nos próximos meses. 

Ford SVT F 150 Lightning 1993 vermelha
F-150 Lightning foi versão esportiva lançada pela preparadora SVT em 1992, se destacando pela cabine simples e pintura vermelha Divulgação/Ford

Não bastasse o gosto de Farley, a volta do Hummer — agora em versão elétrica e sob a marca da GMC — também serviu de estímulo para que a Ford seguisse reaproveitando seus nomes clássicos ou adaptando-os, como no caso do SUV elétrico Mustang Mach-E. 

Compartilhe essa matéria via:

Uma vez que o cronograma da marca prevê eletrificação em menos de uma década, a expectativa é que o eventual novo Escort ressurja, claro, com motor elétrico.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

capa
A edição 752 de QUATRO RODAS já está nas bancas! arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês