Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

C-Cubed: como serão os outros compactos que a Citroën lançará até 2024

Nova família de carros compactos é essencial para a Citroën se tornar competitiva no Brasil e terá um lançamento por ano até 2024

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 16 set 2021, 14h04 - Publicado em 16 set 2021, 12h46
Citroën C3L é sedã compacto exclusivo para a China, mas já segue nova linguagem de design
Citroën C3L é sedã compacto exclusivo para a China, mas já segue nova linguagem de design Divulgação/Citroën

Concessionários Citroën poderão dormir mais tranquilos e com a sensação de que dias melhores virão. Se hoje têm apenas dois carros para vender, o C4 Cactus (lançado há 3 anos) e o furgão Jumpy (lançado há 4 anos), até 2024 eles terão três carros novinhos para vender.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

A confirmação foi feita durante a apresentação mundial da nova geração do Citroën C3, nesta manhã. O compacto, que agora terá todo um jeitão de SUV, é o primeiro carro da nova família, batizada de C-Cubed.

De acordo com a Citroën, será “uma família de três veículos destinados ao mercado internacional, desenvolvidos e fabricados na América do Sul”. Eles serão lançados nos próximos três anos, sendo um carro por ano. Por sinal, o novo C3 2023 entrará em pré-venda em janeiro, com as primeiras entregas previstas para março de 2022.

Citroen_Novo_C3_2023
Divulgação/Citroën

Há muita coisa ainda no campo das promessas. De acordo com o CEO da Citroën, Vincent Cobée, serão “modelos pensados, desenvolvidos e produzidos em regiões estratégicas, com a identidade da Citroën em termos de estilo e serenidade a bordo.” Pelo não serão carros que chegarão ao Brasil apenas quando já estiverem no fim de sua vida na Europa.

Citroen_Novo_C3_2023
Divulgação/Citroën

Sobre o desenvolvimento dos carros C-Cubed, quer dizer que os carros estão sendo criados junto às equipes locais de cara região, inclusive quanto ao estilo do carro, para que seja feito sob medida. O próprio C3 de nova geração terá posicionamento e estratégia de mercado diferente daquele que chegará ao mercado indiano no final de 2021.

De acordo com a Citroën, esta nova família de três veículos seguem três pilares essenciais: proposta e preço competitivos, estilo forte e a experiência Citroën, que tem a ver com o bem-estar a bordo. Estes dois últimos itens vêm da tradição da marca, que sempre se destacou pelo rodar suave da suspensão hidropneumática e pela ousadia no design.

Continua após a publicidade

Por trás das palavras bonitas está uma clara intenção de a Stellantis garantir alguma economia em escala. É por isso que a empresa já trabalha para que os motores 1.0 e 1.3 Firefly, e também o 1.0 GSE Turbo (que estreará no Pulse), que são fabricados no Brasil, também estejam presentes nestes novos carros da Citroën.

Citroen_Novo_C3_2023
Possibilidade de customização será um dos destaques do novo C3 Divulgação/Citroën

Outra coisa estratégica para a Citroën será o custo total de compra e manutenção. Nisso, estar mais próximo dos custos de reparação dos Fiat do que dos Peugeot, por exemplo, é fundamental.

Quais serão esses três carros?

Esta família de modelos C-Cubed ainda pode dar origem a um carro maior, um SUV de fato, para substituir o Aircross (já fora de linha) e o C4 Cactus (que foi lançado tarde no Brasil, há exatamente três anos) ao mesmo tempo.

Citroen-C3L-2020 (1)
DIVULGAÇÃO/Citroën

O terceiro carro da família seria um sedã compacto. A questão é: há espaço para um sedã compacto Citroën no Brasil? É um segmento que a Citroën nunca explorou no Brasil, ao contrário da Peugeot e seu 207 Passion. Mas, se for um carro com dimensões semelhantes com as do Citroën C3L vendido na China, dá para considerar.

A despeito da altura livre do solo e das molduras plásticas nas caixas de roda, o carro aparenta ser espaçoso. Tem 4,50 m de comprimento, 1,75 m de largura, 1,51 m de altura e invejáveis 2,65 m de entre-eixos, mesma medida de um Volkswagen Virtus. O porta-malas supera fácil os 521 l do VW: tem 625 litros de capacidade. É significativamente maior que um Fiat Cronos, por exemplo.

c3l
Divulgação/Citroën

Quanto ao posicionamento do SUV, ainda há um grande mistério em relação ao posicionamento frente ao atual C4 Cactus, mas poderá ficar acima Peugeot 2008 em preços.

A partir do Brasil e da Argentina, os compactos C-Cubed também será enviada ao Chile, Colômbia, Uruguai, Peru e Equador.

Fotos do Citroën C3 2023

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa quatro rodas 748 agosto 2021

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)